Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Botafogo e Flamengo empatam por 1 a 1 no Maracanã

Com cada time melhor em um dos tempos, André Santos abriu o placar para os rubro-negros e Edílson igualou. Empate deixa a vaga para a semi indefinida

Botafogo e Flamengo empataram por 1 a 1, nesta quarta-feira, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, no primeiro jogo das quartas de final da Copa do Brasil. Com isso, quem ganhar a próxima partida – só daqui a quase um mês, em 23 de outubro – leva a vaga nas semifinais; como os dois jogos serão no Maracanã, não há o chamado gol “qualificado”, já que ambas as equipes atuarão em casa.

Leia também: ‘Seca’ de vitórias de Corinthians e Grêmio dá no óbvio: 0 a 0

Cada tempo foi de domínio de um time. Melhor na primeira etapa, o Flamengo abriu o placar aos 12 minutos com André Santos e poderia ter marcado mais. O Botafogo voltou melhor para a segunda parte do jogo e, tal como o rival, marcou aos 12 com Edílson e chegou perto de um novo gol. Antes da partida, o até então interino Jayme de Almeida foi efetivado como técnico do Flamengo até o fim do ano.

Com dois tempos distintos, a igualdade acabou agradando aos dois times. “O Botafogo teve mais volume no segundo tempo, infelizmente eles conseguiram o gol, mas nosso time foi bem. O resultado foi justo”, disse o atacante Hernane, do Flamengo. “Conseguimos empatar o jogo e deixamos aberto para a segunda partida”, disse o lateral-direito botafoguense Edílson.

O jogo – O Flamengo começou com mais volume de jogo e logo no primeiro minuto teve uma boa chance com Hernane, que chutou rasteiro de fora da área; a bola passou perto e saiu. Não demorou até sair o gol do time rubro-negro: aos 12, após cruzamento na área, Paulinho se esticou e conseguiu o passe para André Santos, na pequena área, que desviou de cabeça para marcar.

Por alguns minutos, o Botafogo deu mostras de que também iria chegar próximo do gol do rival, mas não conseguiu converter a posse de bola em lances de perigo. O Flamengo retomou o domínio e por pouco não marcou o segundo, em chances de Leonardo Moura, Luiz Antonio e Carlos Eduardo. O goleiro Jefferson fez boas defesas para garantir que a bola não entrasse mais uma vez.

No segundo tempo, o jogo foi outro. O Botafogo se parecia mais com aquele que tem disputado as primeiras posições do Campeonato Brasileiro. E o Flamengo só assistiu. Também aos 12 minutos, o gol de empate: após boa troca de passes, Hyuri tocou para Edílson, que tentou o cruzamento rasteiro; a bola bateu em Samir e entrou no gol. O time alvinegro continuou criando. Aos 18 minutos, Rafael Marques acertou belo chute e Felipe fez ótima defesa. O jogo então ficou morno e, nos minutos finais, as duas equipes pareciam satisfeitas com o empate. Ou evitavam se arriscar para não levar o segundo gol.

(Com Estadão Conteúdo)