Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Botafogo desfalque de Elkeson, mas valoriza substituto

O Botafogo terá um importante desfalque para o clássico contra o Flamengo neste domingo, às 16 horas (de Brasília), no Engenhão. O meia Elkeson vai ter que cumprir suspensão por conta do terceiro cartão ameralo recebido na goleada de 5 a 0 sofrida para o Coritiba. A ausência do atleta é algo que o elenco vem demonstrando que pode sentir, pelo menos no discurso dos atletas quando questionados sobre o tema.

Contratado junto ao Vitória após o Botafogo vencer uma queda de braço com o Fluminense, Elkeson se transformou em uma das principais peças do Glorioso na disputa do Campeonato Brasileiro. Autor de gols importantes, como na vitória sobre o São Paulo por 2 a 0 e no 2 a 1 sobre o Fluminense, o apoiador é o artilheiro do time na competição com oito tentos.

‘O Elkeson é um jogador importante para a equipe, mas apenas pelos gols que ele marca, mas também pela qualidade do seu passe e pelo espírito guerreiro que coloca em campo’, disse o lateral direito Lucas.

Na visão do zagueiro Antônio Carlos, que volta ao time após se recuperar de um estiramento muscular na coxa esquerda, a ausência de Elkeson será sentida contra o Flamengo, principalmente pela função tática desempenhada pelo atleta.

‘O Elkeson é um jogador de grande importância para o time, pois além de marcar gols e dar passes importantes para os atacantes, também tem importância tática, impedindo os avanços dos laterais ou auxiliando na marcação deles. Em qualquer time deste Campeonato Brasileiro se você tirar um jogador importante o grupo vai sentir. Mas temos condições de superar essa situação e ganhar’, disse Antônio Carlos, que vai ocupar a vaga de Gustavo e formar dupla de zaga com Fábio Ferreira.

O escolhido para a vaga de Elkeson é Felipe Menezes, que já foi titular em algumas grandes exibições do Alvinegro, como na goleada de 4 a 0 sobre o Vasco no primeiro turno. O jogador conta com a confiança dos demais companheiros.

‘Acredito que o Botafogo tem plenas condições de superar a ausência do Elkeson, que é um grande jogador, pois temos boas peças de reposição e o Caio Junior é um técnico que sabe tirar o máximo de seus jogadores. Ao longo da competição conseguimos dar demonstração de força quando ficamos sem jogadores importantes, como foi quando não tivemos o Loco Abreu’, lembrou o volante Renato.

A entrada de Antônio Carlos na vaga de Gustavo e de Felipe Menezes no posto de Elkeson não serão as únicas em relação ao time que foi goleado pelo Coritiba. O meia Maicosuel, que não participou daquele encontro por estar com uma crise de sinusite, vai entrar na vaga de Everton, que ficará como opção no banco de reservas. O goleiro Jéfferson e o lateral esquerdo Cortês, que estavam servindo à Seleção Brasileira no Superclássico das Américas contra a Argentina, têm presença assegurada na equipe.

Sendo assim, o Botafogo vai a campo neste domingo com a seguinte escalação: Jéfferson, Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Cortês; Marcelo Mattos, Renato, Felipe Menezes e Maicosuel; Herrera e Loco Abreu. Neste sábado pela manhã o elenco participa de um trabalho recreativo e depois começa o período de concentração para o clássico.

Em termos de eleições presidenciais, previstas para novembro, a chapa do presidente Maurício Assumpção vai sofrer uma alteração em relação à que venceu o pleito passado. Isso porque o vice-geral Antonio Mantuano será substituto por Paulo Mendes, executivo que atua na área de Comunicação Social. O futebol deverá continuar entregue ao vice-presidente André Silva e ao gerente Anderson Barros. Os interessados em se candidatar ao cargo de presidente do Alvinegro têm até 26 de setembro para registrarem as suas chapas.