Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Boston Celtics supera Atlanta Hawks na prorrogação e faz 2 a 1

Jogando em seus domínios, no TD Garden, o Boston Celtics precisou de uma prorrogação para bater o Atlanta Hawks, nesta sexta-feira, pelo placar de 90 a 84. Com o resultado positivo, o time verde abriu 2 a 1 na série melhor de sete jogos, válida pelos playoffs da NBA.

A partida poderia ter sido decidida no último lance do tempo normal, mas Paul Pierce errou o arremesso decisivo e, com o placar de 80 a 80, o jogo foi para o tempo extra. Na prorrogação, o Boston voltou a se apresentar bem diante de seu torcedor e fez 10 a 4.

Apesar da derrota, o grande destaque da partida foi Joe Johnson, dos Hawks, que anotou 29 pontos, oito rebotes e duas assistências na partida. Jeff Teague também fez boa exibição pela equipe visitante e saiu com 23 pontos, quatro rebotes e seis assistências. Do lado do Boston, Paul Pierce foi o cestinha da partida, com 21 pontos, cinco rebotes e duas assistências. Rajon Rondo, que voltou à equipe após cumprir suspensão devido à briga com o juiz, conseguiu um triple-double, com 17 pontos, 14 rebotes e 12 assistências. Kevin Garnett também ajudou os Celtics, marcando 20 pontos e 13 rebotes, um double-double.

Outro fator que merece menção no confronto foi o retorno de Ray Allen na equipe do Boston Celtics. O jogador se recuperava de lesão no tornozelo e não jogava desde o dia 10 de abril.

A partida número 4 da série será disputado novamente no TD Garden, em Boston, no domingo, às 20h (de Brasília). A equipe do técnico Doc Rivers espera confirmar mais uma vez o mando de quadra e ficar mais próxima de se classificar. Já os Hawks tentam uma vitória para empatar novamente a série.

Chicago cai para 76ers – Também nesta sexta-feira, o Chicago Bulls deu indícios de que está sentindo mesmo a falta do astro Derrick Rose, que rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho e está fora dos playoffs e das Olimpíadas.

Jogando fora de casa, no Wells Fargo Center, os Bulls perderam para o Philadelphia 76ers pelo placar de 79 a 74 e permitiu que a franquia da Pensilvânia passasse a liderar a série melhor de sete partidas por 2 a 1.

O maior pontuador da partida foi Spencer Hawes, dos 76ers, que saiu de quadra com 21 pontos, nove rebotes e duas assistências. Andre Iguodala teve atuação apagada e anotou somente cinco pontos para o time da casa.

Já pelos Bulls, quem mais brilhou foi Carlos Boozer, que terminou o confronto com um double-double 18 pontos e dez rebotes. Richard Hamilton também foi bem e fez 17 pontos, seis rebotes e sete assistências.

O jogo 4 será disputado novamente no Wells Fargo Center. O Chicago Bulls vai tentar a vitória para empatar a série. Já os 76ers querem aproveitar a força de sua torcida para ficar muito próximos de avançar e consolidar possivelmente a maior zebra dessa temporada.