Clique e assine a partir de 9,90/mês

Bolt promete bater melhor marca do ano nos 100m

Por Da Redação - 14 set 2011, 13h30

Por AE-AP

Bruxelas – Em sua última competição na temporada, o astro jamaicano Usain Bolt espera fechar o ano em grande estilo, fazendo o melhor tempo de 2011 nos 100 metros. Com esse espírito, ele disputará a etapa final da Diamond League, o circuito mundial que reúne a elite do atletismo, na sexta-feira, em Bruxelas, na Bélgica.

O melhor tempo do ano nos 100 metros pertence ao também jamaicano Asafa Powell, que fez 9s78 no final de junho, em Lausanne, na Suíça. Bolt, por sua vez, conseguiu apenas a sexta marca da atual temporada, ao cravar 9s85 na última terça-feira, quando venceu o Meeting de Zagreb, na Croácia.

“Eu devo estar bem para a prova. Definitivamente, acho que posso fazer isso (bater o tempo de Asafa Powell). Já corri muito rápido nesta pista”, disse Bolt, que há três anos cravou a marca de 9s77 no Estádio King Baudouin, onde será realizada a etapa de Bruxelas na sexta-feira.

Continua após a publicidade

Um grande desempenho em Bruxelas ajudaria Bolt a apagar a má impressão deixada no Mundial de Atletismo, em agosto, na Coreia do Sul. Ele era o grande favorito para conquistar o bicampeonato mundial dos 100 metros, mas foi desclassificado por ter queimado a largada na final.

O jamaicano admitiu nesta quarta-feira que o erro no Mundial ainda o incomoda e está interferindo em suas largadas. Em Zagreb, ele reagiu tarde ao tiro e ficou atrás do veterano Kim Collins, de São Cristóvão e Nevis, até metade da prova, quando acabou reagindo e vencendo a disputa.

“É difícil esquecer porque ainda está muito fresco na minha memória, mas eu preciso lidar com isso”, afirmou Bolt, que é campeão olímpico e recordista mundial dos 100 metros (9s58). “Estava realmente mal (em Zagreb), entre os últimos. Acabei perdendo o foco por alguns segundos”, lembrou.

Publicidade