Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bola aérea do Cruz Azul preocupa corintiano Julio Cesar

Os 2.400 metros de altitude da Cidade do México, onde o Corinthians enfrenta o Cruz Azul na quarta-feira, preocupam o goleiro Julio Cesar. O camisa 1 alvinegro teme ser surpreendido principalmente nas bolas aéreas do rival.

‘Quem corre sofre mais para respirar, mas quem tem problema com a velocidade da bola são os goleiros e os defensores. Eles gostam muito de bola na área, cruzam muito. É uma coisa que a gente tem que trabalhar bastante’, disse o arqueiro, pouco antes do primeiro treino do Timão em solo mexicano, realizado na noite desta segunda no CT do América.

‘Apesar de estarmos sofrendo poucos gols, principalmente de bola parada, a gente tem que estudar a trabalhar em cima disso. Se é o ponto forte deles, não podemos dar mole’, acrescentou, lembrando que o Alvinegro sofreu somente sete gols em 15 jogos oficiais nesta temporada.

Embora já tenha avisado que vai repetir a equipe que venceu o paraguaio Nacional por 2 a 0 na quarta-feira passada, no Pacaembu, o técnico Tite fechou a primeira parte do treino desta noite para não permitir que o adversário tenha informações sobre as jogadas ensaiadas de seu time.