Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Boa Esporte encara o Náutico, que quer confirmar acesso para série A

Por Da Redação 19 nov 2011, 07h28

Ainda sonhando com o acesso para a Série A, o Boa Esporte encara o Náutico, neste sábado, às 17 horas (de Brasília), no estádio Dilzon Melo, em Varginha. O time mineiro possui 53 pontos e ocupa a sétima colocação. Para continuar sonhando em subir é preciso vencer os dois jogos restantes, diante do Timbu e do Duque de Caxiask, na última rodada do Campeonato Brasileiro.

Além de jogar pelos seis pontos, o Boa terá que torcer por tropeços de Bragantino e Vitória nas duas últimas partidas. Apesar de a missão ser quase impossível, o técnico Nedo Xavier não joga a toalha, e afirma que a equipe boveta vai lutar o final para conquistar os resultados necessários.

‘Enquanto existir possibilidade, estaremos brigando, nossa equipe joga sempre buscando o resultado positivo, e nestas últimas rodadas não vai ser diferente. Nosso time já mostrou que tem qualidades e surpreendeu muita gente na competição. Quem sabe a gente também não consegue este acesso que seria histórico’, declarou.No Náutico, o clima é de tranquilidade, já que o Timbu está praticamente garantido na Série A de 2012. O pensamento dos jogadores do time pernambucano é de ratificar, de vez, a subida para elite do futebol brasileiro. Bastante otimista, o armador Eduardo Ramos já convoca a torcida alvirrubra para fazer uma recepção, que segundo ele, ainda não houve este ano para os atletas, no Aeroporto Internacional dos Guararapes.

‘O torcedor merece tirar esse peso do acesso e tenho certeza de que voltaremos tranquilos de Minas com o objetivo conquistado. Na chegada, eu espero que a gente possa ter uma recepção calorosa no aeroporto, o que ainda não aconteceu com a gente esse ano. Com o acesso na mão, nós esperamos ver uma festa bonita, se Deus quiser!’, declarou.

Se o Náutico não levar gols, consequentemente estará matematicamente classificado para a Série A. E a missão não é das mais difíceis. Pelo menos é o que apontam as estatísticas. Se houvesse um placar para se apostar no jogo contra o Boa, certamente, um bom chute seria o 0 a 0, já que as duas equipes possuem as defesas menos vazadas da competição.

‘A gente sabe que se não tomarmos gols, teremos o acesso garantido. Mas, mesmo assim, temos que pensar em vencer. Conseguimos formar um sistema defensivo eficiente, mas não podemos focar no empate somente. Temos que entrar ligado contra o Boa para tentar fazer gols e, se não der, saber que se pelo menos a gente não tomar estaremos na série A’, disse o volante Derley.

FICHA TÉCNICA

BOA ESPORTE X NÁUTICO

Continua após a publicidade

Local: Estádio Dilzon Melo, em Varginha (MG)

Data: 19 de novembro de 2011 (sábado)

Horário: 17 horas (horário de Brasília)

Árbitro: Felipe Duarte Varejão (ES)

Assistentes: Edson Glicério dos Santos (ES) e Leonardo Mendonça (ES)

BOA ESPORTE: Luiz Henrique; Jackson, Pablo, Carciano e Marinho Donizete; Claudinei, Olívio, Jean Cleber e Carlos Magno; Moisés e Jheimy

Técnico: Nedo Xavier

NÁUTICO: Gideão; Peter, Ronaldo Alves, Marlon e Aírton; Elicarlos, Everton, Derley e Eduardo Ramos; Rogério e Kieza

Técnico: Waldemar Lemos

Continua após a publicidade

Publicidade