Clique e assine a partir de 8,90/mês

Blatter quer punir racismo com perda de pontos e rebaixamento

Para o presidente da Fifa, 'falta coragem para deter isso em todo o mundo'

Por Da Redação - 4 mar 2015, 16h59

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, pediu punição rigorosa contra o racismo no futebol, durante o Congresso da Conmebol, nesta quarta-feira, em Assunção, no Paraguai. Em campanha para as eleições da Fifa, Blatter sugeriu punir clubes com a perda de pontos e até rebaixamento em caso de manifestações racistas. “Falta a coragem para deter isso em todo o mundo. Temos de retirar pontos, rebaixar o time.”

Leia também:

Horas antes de eutanásia, torcedor belga assiste vitória de seu time pela última vez

‘Dei glória a Deus porque não fui para a Copa’, diz Robinho

Empresária diz que Daniel Alves está perto de deixar o Barcelona

O dirigente ainda fez elogios à CBF pela organização da Copa do Mundo do ano passado e ao brasileiro João Havelange, ex-presidente da Fifa. O Congresso da Conmebol – apresentação das atividades da confederação em 2014 e dos projetos até 2019 – também contou com a presença dos outros três candidatos à presidência da Fifa: o ex-jogador português Luis Figo; o holandês Michael van Praag; e o príncipe jordaniano Ali Bin al-Hussein. A eleição está marcada para dia 29 de maio.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade