Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Blatter confirma mudança no Comitê de Ética da Fifa

"Dia histórico para o processo de reforma da Fifa", disse o presidente

Por Da Redação 30 mar 2012, 10h12

O presidente Joseph Blatter confirmou nesta sexta-feira a decisão de mudar a maneira como a Fifa investiga casos de corrupção ao publicar em seu perfil no Twitter que o comitê executivo da entidade aprovou a divisão do seu comitê de ética em dois órgãos, um para investigar casos e outro para julgá-los.

A decisão acontece após o Comitê de Ética da Fifa não conseguir obter provas suficientes para abrir processos sobre supostos pagamentos de subornos durante a escolha das sedes das Copas do Mundo de 2018 e 2022. “Dia histórico para o processo de reforma da Fifa”, escreveu Blatter sobre a proposta de mudança no comitê, que deve ser votado pelos 208 membros da entidade durante seu congresso, 25 de maio, em Budapeste, na Hungria. A remodelação das investigações na Fifa foi recomendada por Mark Pieth, conselheiro anticorrupção, nomeado pela entidade em novembro de 2011 para sugerir formas de melhorar sua transparência. Os membros da nova comissão de ética serão eleitos no seu congresso. Pieth se reuniu nesta sexta-feira com o Comitê Executivo da Fifa para apresentar as recomendações do painel composto por 13 especialistas. O comitê examinou como a Fifa realizou investigações no passado, incluindo casos de suborno. (Com Agência Estado)

Publicidade