Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bia Haddad vence nº 4 do mundo em Acapulco e tem maior triunfo da carreira

A brasileira superou a norte-americana Sloane Stephens por 2 sets a 0, com duplo 6/3

Cada vez mais embalada na quadra dura de Acapulco, a brasileira Bia Haddad conquistou nesta quarta-feira, 26, a maior vitória da sua carreira até agora. A tenista número 1 do Brasil eliminou a norte-americana Sloane Stephens, atual número quatro do mundo, principal favorita ao título da competição mexicana e campeã do US Open de 2017.

Com uma forte performance do início do fim do jogo, a brasileira bateu a favorita sem ceder set, pelo placar de 2 a 0, com duplo 6/3, e, 1h23min. Foi o primeiro triunfo de Bia contra um rival do Top 10 do ranking. O resultado levou a 172ª do mundo às quartas de final do torneio mexicano.

No primeiro duelo entre as duas tenistas no circuito, Bia fez valer o bom saque e o seu sólido jogo de fundo de quadra para dominar a quarta colocada do ranking. Ela acertou 65% dos pontos quando jogou com o primeiro serviço e só foi ameaçada no set inicial, quando Stephens faturou sua única quebra no jogo, em duas oportunidades cedidas pela brasileira.

Bia, porém, obteve duas quebras e levou a primeira parcial. Na segunda, ganhou ainda mais confiança. Ela sequer teve o serviço ameaçado. Ao mesmo tempo, obteve mais duas quebras e sacramentou a importante vitória no segundo match point, no saque da norte-americana, atual vice-campeã de Roland Garros.

Bia conquistou sua quarta vitória em Acapulco, pois entrou na competição pelo qualifying, onde obteve os dois primeiros triunfos. Na chave principal, arrasou a romena Irina Bara com direito a um “pneu”: 6/0 e 6/2. Nas quartas de final, a brasileira enfrentará a vencedora do duelo entre a chinesa Yafan Wang e a porto-riquenha Monica Puig, atual campeã olímpica.

Até então, a maior vitória de Bia era sobre a australiana Samantha Stosur, em maio de 2017, no Torneio de Praga, na República Checa. Stosur, campeã de Grand Slam e ex-número 4 do mundo, que na época ocupava o 19º posto do ranking. A brasileira já enfrentou rivais do nível de Angelique Kerber, Karolina Pliskova, Garbiñe Muguruza, Simona Halep e Jelena Ostapenko, mas sem sucesso.