Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bernardinho continua no comando da seleção até 2016

Presidente da CBV confirmou a permanência do técnico até os Jogos do Rio

Medalha de prata na Olimpíada de Londres, o técnico Bernardinho vai permanecer no comando da seleção masculina de vôlei do Brasil pelo próximo ciclo olímpico, até os Jogos do Rio de Janeiro, em 2016. A confirmação foi feita pelo presidente da Confederação Brasileira de Vôlei, Ary Graça, na noite de terça-feira.

“O Bernardinho vai ficar. Já está tudo conversado, acertado, sacramentado. Ele fica por mais um ciclo. Eu não trabalho com acerto anual. É sempre por um ciclo”, disse Ary, em entrevista ao site Uol Esporte. Como é comum na CBV, não existirá um contrato assinado, apenas um acordo verbal entre o técnico e a confederação. Segundo Ary, o acerto entre Bernardinho e a CBV aconteceu em julho, antes mesmo do embarque do Brasil para Londres.

Recentemente, Bernardinho afirmou que não pretendia mais continuar trabalhando na seleção e no Unilever, clube que dirige na Superliga feminina, ao mesmo tempo. Após a confirmação de sua permanência à frente do Brasil, é provável que ele deixe a equipe carioca ao fim de seu contrato atual, em abril de 2013.

Conquistas – No comando do vôlei masculino do Brasil desde 2001, Bernardinho liderou uma geração vitoriosa que conquistou três medalhas olímpicas: ouro em Atenas-2004 e duas pratas, em Pequim-2008 e Londres-2012. O técnico tem também três títulos mundiais (2002, 2006 e 2010), dois da Copa do Mundo (2003 e 2007) e um ouro no Pan do Rio, em 2007.