Clique e assine a partir de 9,90/mês

Berdych surpreende e tira Federer das semis do US Open

Checo eliminou o número 1 do ranking mundial e vai pegar Murray na semifinal

Por Da Redação - 6 set 2012, 08h05

“Ele fez um grande jogo, sacou muito bem e soube reagir nos momentos decisivos”, disse Federer sobre o checo

O checo Tomas Berdych surpreendeu a torcida no US Open ao eliminar, na noite de quarta-feira, o tenista número 1 do mundo, o suíço Roger Federer, por 3 sets a 1, com parciais de 7/6, 6/4 e 3/6 e 6/3. Berdych, sexto cabeça-de-chave do torneio e número sete do mundo, enfrentará nas semifinais o britânico Andy Murray que venceu o croata Marin Cilic também por 3 sets a 1, parciais de 3/6, 7/6, 6/2 e 6/0. O duelo entre Federer e Berdych durou duas horas e 42 minutos e, apesar da boa fase de Federer, que retornou ao topo do ranking neste ano, foi todo dominado pelo checo, principalmente graças ao seu forte saque. Berdych conseguiu encaixar 14 aces, enquanto o ídolo suíço marcou apenas sete pontos de saque.

“Tive confiança nos momentos decisivos”, festejou o vencedor. “Quando o Federer voltou a entrar no jogo, recuperei meus melhores golpes”, completou ele. O suíço, que buscava seu sexto título no US Open, uma marca inédita, perdeu pela primeira vez nas quartas de final em Flushing Meadows desde 2003. Berdych, por sua vez, conquistou a quarta vitória contra Federer nos últimos sete confrontos, incluindo um triunfo inesquecível para ele, nas quartas de final de Wimbledon, onde Federer já foi sete vezes campeão, em 2010. “Não há nada a contestar na vitória dele”, reconheceu o número 1 do mundo. “Ele fez um grande jogo, sacou muito bem e soube reagir nos momentos decisivos”, disse o supercampeão, de 31 anos.

(Com agência EFE)

Publicidade