Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Benítez se mostra disposto a ouvir possível oferta do Chelsea

Dublin, 5 mar (EFE).- O treinador espanhol Rafa Benítez afirmou nesta segunda-feira que gostaria de voltar a dirigir uma grande equipe e que está aberto a escutar ofertas, mas garantiu que ainda não recebeu nenhuma do Chelsea, que neste domingo demitiu o português André Villas-Boas.

‘Sou um treinador a procura de emprego, mas não posso frear as especulações’, disse o espanhol em referência aos rumores que o apontam como possível substituto de Villas-Boas no banco dos ‘Blues’.

O Benítez lembrou que a equipe de Londres têm como substituto temporário Roberto Di Matteo e que é preciso respeitá-lo, mas ressaltou que não deixará de analisar propostas.

‘Preciso ver uma oferta sobre a mesa para poder dizer sim ou não e por enquanto não há nenhuma’, declarou.

Benítez concedeu entrevista coletiva em Dublin, onde recebe nesta segunda-feira a medalha de ouro do patronato de honra da Sociedade Filosófica da universidade Trinity College.

‘Eu gostaria de treinar uma equipe grande, que possa lutar por títulos. Essa era minha ideia quando fui para o Liverpool, e depois para a Inter de Milão, assim como no Valencia’, disse Benítez, que treinou os ‘Reds’ de 2004 a 2010.

‘Tenho experiência na Liga dos Campeões para encarar desafios e lutar para ganhar troféus’, completou Benítez, que venceu o torneio continental pela equipe inglesa em 2005.

Na semana passada, o agente de Benítez, Manuel García, já tinha respondido sobre boatos que ligavam o treinador ao Chelsea, mesmo antes da queda de Villas-Boas. Ele afirmou que não havia nenhuma negociação em andamento, mas garantiu que o técnico pretendia voltar a treinar na Inglaterra. ‘A prioridade de Benítez é treinar no Campeonato Inglês’, informou. EFE