Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Belfort perde a luta – mas ganha vaga na fila até Anderson

Elogiado por desempenho contra Jon Jones, veterano deverá voltar aos médios e retornar à lista de atletas que sonham em destronar o principal lutador do UFC

Por Da Redação 24 set 2012, 12h02

Belfort voltou a ser cotado para encarar Anderson, mas pode esbarrar em um problema: o tempo de espera para a luta

O MMA tem uma lógica muito própria, bem diferente de outras modalidades esportivas. Em muitos casos, um atleta ganha um combate, mas sai do octógono em baixa – como aconteceu com Anderson Silva em sua polêmica luta contra Demian Maia. Em outras ocasiões, porém, um lutador é derrotado, mas deixa o evento em situação muito melhor do que estava quando aceitou o combate. Esse é o saldo da participação de Vitor Belfort no UFC 152, em Toronto. Considerado um azarão no duelo contra Jon Jones, campeão dos meio pesados, o veterano lutador brasileiro ficou perto de finalizar o favorito logo no primeiro assalto. No resto da luta, não conseguiu segurar Jones, mas levou o combate para o quarto assalto, algo que muitos lutadores mais bem cotados não conseguiram ao encarar o principal atleta do UFC nos EUA. De acordo com o próprio presidente da franquia, Dana White, Vitor Belfort ganhou pontos ao aceitar pegar Jones e, mais importante ainda, ao fazer uma luta razoável contra o jovem astro. Por isso, deverá ganhar boas oportunidades em seu futuro no UFC. “Vitor queria muito essa luta, implorou por ela. É um sujeito por quem eu tenho muito respeito”, elogiou Dana White na entrevista coletiva concedida logo depois do UFC 152, na madrugada de domingo (assista no vídeo abaixo). “Ele saiu desta noite ainda maior. Agora vamos ver o que ele quer fazer.”

Leia também:

Jon Jones castiga Belfort e mantém seu cinturão no UFC 152

O dilema do UFC: respeitar o esporte ou priorizar o show?

Mesmo derrotado, Vitor Belfort machuca e expõe Jon Jones

Continua após a publicidade

Britânico Bisping vence – e implora para desafiar Anderson

UFC 152

Assista à entrevista dos lutadores (em inglês)

O presidente do UFC costuma ser muito grato a quem se apresenta para ajudá-lo num momento de aperto – e foi justamente isso que aconteceu quando Belfort resolveu o problema da falta de adversários para Jon Jones depois da contusão de Dan Henderson. Depois de subir temporariamente para os meio-pesados, o brasileiro agora retorna para a categoria onde vem lutando há anos, a dos médios, para atletas de até 84 quilos. E a participação no UFC 152 pode ter sido decisiva para Belfort se aproximar de seu grande objetivo: uma nova chance de disputar o cinturão contra Anderson Silva. A hipótese de uma revanche depois da famosa derrota com um chute no rosto, no início do ano passado 2011, nunca chegou a ganhar corpo. Nos últimos meses, porém, diante da falta de candidatos claros a destronar Anderson, essa voltou a ser uma possibilidade. Belfort voltou a entrar na fila para encarar o principal lutador do UFC, mas pode esbarrar em um problema: o tempo de espera para a luta. Aos 35 anos, Belfort pode ter de aguardar um longo período pela chance de devolver a derrota do ano passado. No mês que vem, Anderson pega Stephen Bonnar no UFC Rio 3, num combate que não vale o título. Depois, o Spider pode encarar Georges St-Pierre em mais uma luta de exibição, em que não colocará o cinturão em disputa. Só depois viria a próxima defesa de título de Anderson – e, no momento, o britânico Michael Bisping e o americano Chris Weidman parecem ser os favoritos a desafiar o domínio do brasileiro na categoria.

Vitor Belfort se prepara para enfrentar Jon Jones pelo UFC 152 em Toronto, Canadá
Vitor Belfort se prepara para enfrentar Jon Jones pelo UFC 152 em Toronto, Canadá VEJA

http://www.youtube.com/embed/e3zMvFo_IuM?rel=0
Tank Abbott

Vitor Belfort nocauteou Wanderlei Silva em menos de 1 minuto, em 1998
Vitor Belfort nocauteou Wanderlei Silva em menos de 1 minuto, em 1998 VEJA

Vitor Belfort se prepara para enfrentar Jon Jones pelo UFC 152 em Toronto, Canadá
Vitor Belfort se prepara para enfrentar Jon Jones pelo UFC 152 em Toronto, Canadá VEJA

Vitor Belfort venceu Rich Franklin no UFC 103
Vitor Belfort venceu Rich Franklin no UFC 103 VEJA

http://www.youtube.com/embed/OjoaudDlenI?rel=0
Anderson Silva

Continua após a publicidade
Publicidade