Clique e assine a partir de 9,90/mês

Bayern vence jogaço de virada e elimina a Juventus na prorrogação

Equipe alemã venceu por 4 a 2 e chegou às quartas de final da Liga dos Campeões

Por Da Redação - 16 mar 2016, 19h45

Bayern de Munique e Juventus deram um espetáculo à altura de suas tradições na noite desta quarta-feira, na Allianz Arena. A equipe alemã foi surpreendida com dois gols na primeira etapa, mas arrancou o empate perto do fim e, na prorrogação, venceu por 4 a 2 para se garantir nas quartas de final da Liga dos Campeões. Seu adversário será conhecido em sorteio na próxima sexta-feira.

O duelo de gigantes do continente foi apimentado horas antes do jogo com a publicação de uma provocação do Bayern de Munique. O cartaz publicado pelo clube bávaro gerou revolta nas redes sociais por supostamente fazer associação ao nazismo e ao holocausto. Em campo, a Juventus. Em campo, a Juventus mostrou que acreditava na classificação e surpreendeu a equipe de Pep Guardiola.

Logo aos 5 minutos, Sami Khedira fez lançamento logo, David Alaba e Manuel Neuer não se entenderam e a bola sobrou limpa para Paul Pogba, que rolou para as redes. Ao velho estilo italiano, a Juventus se fechou na defesa, esperou o erro do Bayern e fez o segundo. O espanhol Alvaro Morata puxou contra-ataque, fez fila na defesa do Bayern e serviu o colombiano Juan Cuadrado, que deu um corte seco em Phillip Lahm e bateu colocado, aumentando a vantagem para 2 a 0.

Leia também:

Continua após a publicidade

Câmeras flagram jogadores reclamando com Neymar: ‘Pare de se jogar’

Bayern provoca Juventus com cartaz mas recebe críticas por suposta alusão ao nazismo

Torcedores do PSV podem ser punidos por humilhação a mendigas em Madri

A partida foi se tornando dramática para os alemães, que não achavam espaço na defesa de Massimiliano Allegri. Sem arriscar de fora da área, o time bávaro forçava passes difíceis, cometendo erros. Finalmente, aos 27, em bola alçada por Douglas Costa, Lewandowski cabeceou para as redes, diminuindo o placar e dando esperanças à torcida.

Continua após a publicidade

O Bayern foi com tudo para cima na etapa final e concedeu novas chances nos contra-ataques, mas foi salvo por defesas de Neuer. Empurrado pela torcida, o Bayern diminuiu aos 27 minutos, em bola alçada pelo brasileiro Douglas Costa, que Robert Lewandowski completou de cabeça.

Os últimos 20 minutos foram de pressão total dos anfitriões, que só chegaram ao gol de empate aos 45 minutos. O francês Kingsley Coman, de 19 anos, cruzou e Thomas Müller marcou. Como o jogo de ida em Turim também terminou em 2 a 2, a decisão foi para a prorrogação.

Atual vice-campeã, a Juventus teve uma boa chance, quando o suíço Stephan Lichtsteiner chutou rasteiro, para grande defesa de Neuer aos 2 minutos. Os dois times pareciam cansados e o gol da vitória saiu apenas na segunda parte. Thiago Alcântara, filho do ex-jogador brasileiro Mazinho que atua pela seleção espanhola, tabelou com Müller e virou a partida para o Bayern. Já perto do fim, Coman, em jogada individual, acertou um belo chute de esquerda e decretou a vitória alemã. Com a eliminação da Juventus, o futebol italiano não terá nenhum representante na sequência da Liga.

Vitória do Bayern de Munique sobre a Juventus, por 4 a 2, no jogo de volta das oitavas-de-final, da Liga dos Campeões da UEFA, nesta quarta-feira (16)
Vitória do Bayern de Munique sobre a Juventus, por 4 a 2, no jogo de volta das oitavas-de-final, da Liga dos Campeões da UEFA, nesta quarta-feira (16) VEJA

(com agência Gazeta Press)

Publicidade