Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Basquete: brasileira Janeth entra para o Hall da Fama da Fiba

Jogadora se une a Ubiratan, Hortência, Oscar, Amaury e Paula na lista

Dona de duas medalhas olímpicas, Janeth Arcain teve a sua importância para o esporte reconhecida nesta terça-feira, 26, ao ser selecionada para entrar no Hall da Fama da Federação Internacional de Basquete (Fiba).

“Fiquei muito feliz e lisonjeada com este reconhecimento, pois estar neste seleto grupo de jogadores brasileiros que já estão no Hall of Fame é muito gratificante. Sem contar os demais, de outros países”, comentou. Antes dela, entraram para o grupo Ubiratan Maciel, Hortência Marcari, Oscar Schmidt, Amaury Passos e “Magic” Paula Gonçalves.

Janeth possui um currículo vasto pela seleção brasileira. Foi campeã mundial em 1994, medalhista de prata na Olimpíada de Atlanta, em 1996, e bronze nos Jogos de 2000, em Sydney, fez parte do time que faturou o histórico ouro nos Jogos Pan-Americanos de 1991, em Havana, e venceu o Sul-Americano em cinco oportunidades.

Em 2007, quando se despediu das quadras, faturou a prata nos jogos Pan-Americanos do Rio, encerrando a passagem da seleção como terceira maior cestinha da história da equipe com 2.247 pontos em 138 jogos oficiais, uma média de 16,3 pontos por duelo.

“Foram 24 anos de muita dedicação ao basquete e essa condecoração demonstra que tudo valeu a pena; que faria tudo de novo”, completou Janeth.

Além de Janeth, os outros atletas selecionados para a classe de 2019 do Hall da Fama da Fiba foram: Margo Dydek (Polônia – póstumo), Atanas Golomeev (Bulgária), Alonzo Mourning (Estados Unidos), Fabricio Oberto (Argentina), Jose “Piculin” Ortiz (Porto Rico), Mohsen Medhat Warda (Egito) e Jiri Zidek (República Checa). Já os treinadores escolhidos foram Natalia Hejkova (Eslováquia), Bogdan Tanjevic (Montenegro) e Mou Zuoyun (China – póstumo).

A entrada oficial de Janeth e dos demais componentes da classe 2019 do Hall da Fama ocorrerá em cerimônia marcada para 30 de agosto, em Pequim, na véspera do início do Mundial Masculino de Basquete. Além disso, no dia seguinte, eles serão apresentados ao público no intervalo do jogo de abertura do torneio.