Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bartra diz que viveu ‘os 15 minutos mais longos’ de sua vida

Jogador do Borussia Dortmund, ferido nas explosões ocorridas perto do ônibus da equipe, na terça, continua internado por causa das lesões no braço direito

O zagueiro Marc Bartra, único jogador ferido como consequência das explosões ocorridas perto do ônibus do Borussia Dortmund, na terça-feira, relatou nesta sexta-feira os momentos de pânico que viveu durante o incidente, ocorrido pouco antes do jogo contra o Monaco, pela Liga dos Campeões da Europa – que acabou sendo realizado apenas no dia seguinte.

Bartra sofreu ferimentos no braço direito, atingido por estilhaços de vidro, foi submetido a uma cirurgia e continua internado em um hospital de Dortmund. O espanhol contou que viveu a pior experiência de sua vida. “Foram os 15 minutos mais duros e longos. A dor, o pânico e a incerteza de não saber o que estava acontecendo, nem por quanto tempo duraria…”, escreveu o jogador em sua conta no Instagram.

O zagueiro revelado pelo Barcelona publicou uma fotografia na qual aparece na cama do hospital durante uma visita de sua esposa e sua filha. “Elas são a razão para eu sempre superar os obstáculos. Estou recuperando as vontades de viver, de jogar e de treinar. A única coisa que quero agora é que vivamos todos em paz e deixemos as guerras.” Por causa da cirurgia, Bartra ficará cerca de um mês sem jogar.

As autoridades alemãs mantêm abertas todas as vias de investigação, depois que a Procuradoria Federal não encontrou vínculos entre o ataque de terça-feira e um iraquiano de 26 anos, morador da Alemanha desde 2015, que foi detido no dia seguinte.

(Com EFE)