Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Barrichello acerta com a KV e será companheiro de Kanaan na Indy

Por Da Redação 1 mar 2012, 13h25

Rubens Barrichello finalmente decidiu seu futuro no automobilismo e ele será na Fórmula Indy. Após ficar sem vaga na F-1, o veterano brasileiro anunciou nesta quinta-feira o acordo com a equipe KV para a temporada 2012 e será companheiro de time do amigo Tony Kanaan, um dos responsáveis pela ida do piloto à categoria norte-americana. O venezuelano Ernesto Viso será o terceiro piloto da escuderia pertencente ao ex-piloto Jimmy Vasser, vencedor do campeonato de 1996.

O acerto para Barrichello correr na Indy começou a ser costurado em janeiro, quando ele andou com o carro de Tony Kanaan no circuito de Sebring, para ajudar o amigo a desenvolver o modelo. O vice-campeão da F-1 de 2002 e 2004 gostou da experiência e seu desempenho impressionou os diretores da KV. Antes de anunciar o acordo, ele voltou a andar com o carro da equipe, nos treinos coletivos no circuito de Sonoma, na última semana.

‘Essa é uma nova fase muito feliz e não era esperada, realmente do fundo do meu coração. Quando o Tony me convidou para os testes, fui com a cabeça aberta, tentando me divertir, mas não tinha em mente o que iria acontecer nas próximas dez voltas’, disse Barrichello. ‘Foi um sentimento único, um carro muito diferente e eu me adaptei rápido. A partir daí, com todo o entrosamento com o time, o desenvolvimento do carro, é que as coisas realmente começaram a tomar um rumo muito diferente e no final daquele mesmo dia eu recebi o convite para ser piloto da KV’, revelou o piloto.

Será o primeiro ano de Barrichello fora da Fórmula 1 desde 1993. Ele ficou sem vaga no grid da categoria após disputar 19 Mundiais consecutivos, já que acabou substituído pelo compatriota Bruno Senna na Williams, equipe pela qual disputou as duas últimas temporadas. O veterano sabe que precisará se adaptar às diferenças entre as duas categorias, mas chega à Indy buscando construir um histórico de vitórias na categoria.

‘Do zero eu não vou começar, porque tenho uma experiência longa no automobilismo, será meu 34º ano competindo. Mas eu tenho muito a aprender com o Tony, vai ser uma nova experiência. No circuito oval, não tenho ideia de como deve ser o acerto de um carro, por exemplo. Mesmo com toda minha experiência, eu sou um novato’, avaliou

Barrichello disputará a temporada completa da Indy, inclusive as cinco provas em circuitos ovais do calendário. Sua esposa, Silvana, não gostava da ideia de ver o marido correndo neste tipo de autódromo por conta dos riscos à segurança, mas acabou convencida pelo piloto e seus filhos, Eduardo e Fernando, que queriam ver o pai na ativa após deixar a Fórmula 1.

A temporada da Indy começa no dia 29 de março com o Grande Prêmio São Petersburgo. A São Paulo Indy 300, etapa paulistana da categoria, ocorrerá no dia 29 de abril, em um circuito de rua montado na região do Anhembi.

Continua após a publicidade
Publicidade