Clique e assine a partir de 8,90/mês

Barcos se arrepende de bronca pública em Bruno: Eu me senti mal’

Por Da Redação - Atualizado em 19 jul 2016, 13h36 - Publicado em 20 jun 2012, 17h58

O atacante Barcos foi pivô da última polêmica do Palmeiras ao reclamar do gol sofrido pelo goleiro Bruno no empate do final de semana diante do Vasco, pelo Campeonato Brasileiro. O argentino reconhece que perdeu a cabeça ao culpar o companheiro pelo resultado do jogo realizado na Arena Barueri.

O Palmeiras vinha com vantagem no jogo, mas cedeu o empate no segundo tempo em uma cobrança de falta do preciso Juninho Pernambucano. Barcos ficou irritado ao ver que Bruno sofreu o gol no canto contrário da barreira.

‘Quando saí do jogo, eu estava bravo demais, não pensei muito, eu me senti mal quando cheguei à minha casa porque o Bruno é um grande companheiro, é um jogador que apoia muito o grupo, eu não tinha direito de falar aquilo à imprensa’, afirmou o centroavante.

O resultado contra o Vasco manteve o Palmeiras sem vitórias depois de cinco rodadas do Campeonato Brasileiro. Finalista da Copa do Brasil, o Verdão está em 18lugar no torneio nacional de pontos corridos.

Para Barcos, a prioridade é evitar novas rusgas, sobretudo em um momento de decisão para o Palmeiras, que enfrenta o Grêmio nesta quinta-feira para carimbar a vaga na decisão da Copa do Brasil. O Verdão carrega uma importante vantagem de 2 a 0 obtida em Porto Alegre.

‘Foi erro meu, creio que não vai mais acontecer. Fiquei chateado com a perda de pontos em uma partida controlada. Mas o Bruno não merece que o culpe, eu respeito o grupo, espero que ele me compreenda’, pediu Barcos.

Nesta terça-feira, Bruno relatou a conversa com Barcos e colocou fim na polêmica. O arqueiro avisa que o problema não será levado adiante.

Continua após a publicidade
Publicidade