Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Barcelona tenta espantar zebra do Catar para fazer esperado duelo com Santos

Yokohama (Japão), 14 dez (EFE).- Grande favorito ao título do Mundial de Clubes, o Barcelona estreará na competição nesta quinta-feira, às 8h30 (de Brasília), com a missão de evitar uma zebra na partida contra o Al Sadd, do Catar, e confirmar assim o esperado duelo contra o Santos na final.

Com uma equipe indiscutivelmente superior, o Barça tentará furar a retranca e os velozes contra-ataques da equipe comandada por Jorge Fossati, ex-técnico do Internacional.

O treinador do time catalão, Josep Guardiola, adotou um tom cauteloso em sua entrevista coletiva sobre o jogo contra os catarianos, ao dizer que a competição é difícil e costuma ter surpresas. Além disso, destacou que alguns de seus jogadores ainda não se adaptaram ao fuso horário do Japão (oito horas a mais que na Espanha) e têm dificuldades para dormir de madrugada.

Apesar de não ter dado pistas da formação titular na estreia, Guardiola deve lançar mão de vários titulares para não correr riscos.

‘É um time que conduz a bola muito rapidamente’, afirmou o treinador ao se referir ao Al Sadd.

Guardiola, que perdeu uma final de Mundial como jogador em 1992 contra o São Paulo, disse ainda que não encara a oportunidade de participar novamente do torneio intercontinental como uma chance de ‘lavar a alma’.

Quem também concedeu entrevista coletiva pelo Barcelona foi o meia Andrés Iniesta, que manteve o tom respeitoso de seu treinador e afirmou que enfrentar o Al Sadd em uma das semifinais do Mundial de Clubes é ‘um desafio’, pois a condição de campeão da Ásia de seu adversário ‘diz tudo’.

‘Temos 90 minutos pela frente para estar na final, que é o nosso objetivo’, declarou Iniesta, que não poupou elogios ao time do Catar na entrevista realizada no Estádio Internacional de Yokohama, palco da semifinal de amanhã.

Tentando fazer por merecer o respeito pregado pelo Barcelona, o uruguaio Jorge Fossati deve colocar em campo pelo Al Sadd um trio ofensivo africano formado pelo senegalês Mamadou Niang, o argelino Belhadj e o marfinense Kader Keita. Além disso, montará uma forte marcação no meio de campo, para tentar roubar a bola e fazer com que ela chegue aos três quando a defesa catalã estiver fora de posição.

Prováveis escalações:.

Barcelona: Victor Valdés; Daniel Alves, Puyol, Piqué e Abidal; Xavi, Iniesta e Busquets; Villa, Pedro e Messi. Técnico: Josep Guardiola.

Al Sadd: Saqr; Abdulmajed, Lee Jung Soo, Koni e Mohammed; Nadir Belhadj, Abdulmajid e Albloushi; Belhadj Khalfan, Keita e Niang. Técnico: Jorge Fossati.

Árbitro: Joel Aguilar (El Salvador). EFE