Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Barcelona pode buscar Felipão depois da Copa do Mundo

Emissora inglesa acredita em proposta catalã para técnico da seleção brasileira

Por Da Redação 25 dez 2013, 14h17

Luiz Felipe Scolari pode ser o novo técnico do Barcelona, assumindo o cargo a partir de julho do ano que vem. Pelo menos essa é a aposta de Graham Hunter, correspondente do canal de TV inglês Sky Sports na Espanha. Em meio a rumores sobre a possível saída do argentino Gerardo Martino depois de apenas uma temporada à frente da equipe catalã, Hunter disse ter informações que apontam na direção de um acordo com Felipão. “Suspeito que Martino não fique. Acredito que a ideia do presidente seja trazer Scolari depois da Copa do Mundo”, disse o correspondente, que cobre os assuntos ligados ao Barcelona desde 2001. Vale lembrar que Scolari tem ótimo relacionamento com o presidente do Barça, Sandro Rosell, que era executivo da Nike, patrocinadora da seleção, na primeira passagem de Felipão pelo cargo.

Leia também:

Felipão convocará seleção para a Copa no dia 7 de maio

Felipão avisa que vai barrar ‘oba-oba’ em torno da seleção

​A virada da seleção – e o que você pode aprender com ela

Enquanto isso, a imprensa argentina também especula a saída de Martino do clube catalão. De acordo com o jornalista Fabián Godoy, o treinador está incomodado no comando do clube. O descontentamento seria fruto principalmente das comparações que alguns torcedores insistem em fazer entre o estilo de jogo atual do Barça e o usado por Pep Guardiola quando o espanhol treinava o time. Em declaração recente, Tata Martino surpreendeu ao dizer que ninguém no Barcelona é imprescindível, inclusive o treinador. Caso a contratação de Felipão pelo Barcelona se concretize, o técnico só assumirá a equipe depois da disputa da Copa do Mundo – não existe nenhuma possibilidade de Felipão sentar para conversar sobre uma saída do cargo antes da disputa do torneio. Na Europa, Felipão já foi técnico da seleção de Portugal e do Chelsea.

(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade
Publicidade