Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Barcelona exalta Messi, seus feitos e craque festeja

Por AE

Barcelona – O Barcelona ainda comemora a conquista do seu segundo título mundial, garantido após a goleada por 4 a 0 sobre o Santos, no último domingo, em Yokohama, e segue contabilizando novos números históricos. Nesta segunda-feira, o clube espanhol exaltou o papel decisivo que Messi vem tendo nas seguidas finais que disputou pelo time, enquanto o argentino prova que é o melhor jogador do mundo na atualidade.

Por meio de nota publicada em seu site oficial, o time catalão destacou que Messi “quase nunca falha” em decisões. O clube enfatizou que o argentino marcou em nove de 11 finais da era Guardiola, tendo feito 15 gols ao total nestes confrontos. Este desempenho fantástico ajudou o Barcelona a assegurar 13 títulos nas últimas 16 finais que realizou.

Ao balançar as redes duas vezes contra o Santos, Messi se tornou o primeiro jogador a fazer gols em duas decisões de Mundial de Clubes da Fifa. “Marquei contra o Estudiantes na final (do Mundial) de 2009, depois contra o Manchester United na final da Champions (Liga dos Campeões) e hoje (domingo) de novo. É o tipo de partida que eu gosto de jogar”, ressaltou.

Ao comemorar o seu segundo título mundial, o Barcelona exaltou nesta segunda-feira que é o primeiro a ganhar duas vezes a competição depois que ela passou a ter a chancela da Fifa. De quebra, o clube lembrou que Messi foi o primeiro a ser eleito duas vezes o melhor jogador de uma final, feito que também conseguiu em 2009, contra o Estudiantes.

FIM DA MALDIÇÃO – Ao prosseguir os festejos pela conquista do seu bicampeonato, o Barcelona destacou em seu site também que o título do último domingo “acabou com a maldição” contra rivais brasileiros em finais de Mundiais no Japão. Jogando pelo título no país, o clube foi derrotado pelo São Paulo na decisão de 1992 e pelo Internacional na de 2006 – a final de 2009, contra o Estudiantes, foi disputada em Abu Dabi, nos Emirados Árabes.

E o clube destacou que o fim desta “maldição” ocorreu com grande supremacia no último domingo. Entre os fatos que destacou nesta segunda estão a posse de bola de 72% diante do Santos na decisão, na qual o time brasileiro ainda viu seu rival dar 881 passes, contra apenas 256 da equipe de Muricy Ramalho.

REPERCUSSÃO – Além de exaltar os próprios feitos e o de seus jogadores, o Barcelona destacou nesta segunda a repercussão internacional positiva após a goleada sobre o Santos. O clube enumerou manchetes de jornais de todo o mundo. A começar pelos espanhóis, com o AS estampando “O Rei Barça”, com o Marca chamando o time de “O Rei do Mundo” e o Sport exaltando os jogadores como “Deuses” contra o Santos, fazendo uma brincadeira com o nome do time brasileiro, o Barça festejou o feito de forma efusiva.

“Messi humilha o Santos. Barça campeão”, do La Gazzetta dello Sport, foi outra manchete destacada pelo clube, que lembrou que o jornal inglês The Guardian afirmou que o time brasileiro foi “pulverizado” pela equipe espanhola.

Já o jornal francês L’Equipe foi lembrado pelo time por ter dito que o Barcelona deu uma “demonstração” de sua força diante do Santos, que nada conseguiu fazer para evitar a derrota de forma humilhante na decisão do Mundial.