Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Barça é punido pela Fifa: um ano sem contratar jogadores

Por negociações com menores de idade, clube catalão recebe uma pena severa

Por Da Redação 2 abr 2014, 09h49

A Comissão de Disciplina da Fifa divulgou nesta quarta-feira uma decisão que proíbe o Barcelona de contratar jogadores estrangeiros pelo período de um ano. O clube foi punido pela entidade máxima do futebol por ter negociado com atletas estrangeiros menores de 18 anos, o que é proibido. Além da sanção, o Barça foi condenado a pagar multa no valor de 1,15 milhão de reais (450 mil francos suíços). “O interesse em proteger o desenvolvimento adequado de um menor de idade como um todo deve prevalecer sobre os interesses puramente esportivos”, diz o documento da entidade, que apontou descumprimento do artigo 19 do Regulamento da Fifa sobre o Status e a Transferência de Jogadores.

Leia mais:

Neymar e Diego marcam, e Barcelona e Atlético empatam

‘O problema do Barcelona é Neymar’, dispara Johan Cruyff

Segundo a Fifa, a investigação apontou a prática irregular entre os anos de 2009 e 2013. Neste período, o Barcelona teria registrado dez jogadores estrangeiros menores de 18 anos, que participaram de competições pelo clube. Os catalães terão 90 dias para regularizar a situação dos atletas. “A comissão considerou como infração grave e decidiu punir o clube com uma proibição de contratar, a nível nacional e internacional, por dois períodos de transferências consecutivos (janela de verão de 2014 e a de inverno de 2015)”, afirma parte do comunicado. Por ter registrado os atletas, a Federação Espanhola de Futebol também foi punida pela Fifa, e terá de pagar multa no valor de 1,28 milhão de reais (500.000 francos suíços).

A transferência de jogadores menores de 18 anos para países estrangeiros só é permitida em três casos: se os pais do atleta emigraram para determinado país por conta própria, sem nenhum tipo de relação com o futebol; se a transação ocorrer entre países da União Europeia e o jogador tiver entre 16 e 18 anos; ou se a residência do atleta estiver localizada a menos de 50 quilômetros da fronteira do novo país. O Barcelona espera que a punição imposta pela Fifa não impeça o clube de concretizar a contratação de dois jogadores: o goleiro alemão Ter Stegen, do Borussia Mönchengladbach, e o meia croata Alen Halilovic, do Dínamo Zagreb. Segundo o jornal Mundo Deportivo, os dirigentes culés alegarão que as transferências foram fechadas antes da sanção.

(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade
Publicidade