Clique e assine com até 92% de desconto

Bahia ainda estuda a renovação do zagueiro Titi e do atacante Souza

Por Da Redação 27 dez 2011, 15h20

As negociações da diretoria do Bahia com os jogadores que formaram a base da equipe no Campeonato Brasileiro deste ano continuam sem uma definição concreta. Apesar do acordo com o zagueiro Titi e com o atacante Souza estar perto de acontecer, alguns entraves ainda dificultam a conclusão das conversas e o anúncio oficial do clube.

Com relação ao defensor, a diretoria do Tricolor de Aço já acertou as bases salariais com o atleta e espera apenas um parecer do Internacional para divulgar o prolongamento de seu vínculo. O zagueiro pertence ao time gaúcho e deverá ser negociado com o Bahia assim que o Colorado concretizar a contratação de um novo jogador para a posição.

‘Conversamos nos últimos dias e ele aceitou a proposta. Agora dependo só do contato dele com o Internacional para ser liberado já em janeiro. Nossa intenção é fechar um contrato de dois ou três anos com o jogador’, destacou o gestor de futebol do Esquadrão, Paulo Angioni.

Já o atacante Souza espera uma solução junto ao Corinthians para poder negociar livremente com o Bahia. Apesar dos paulistas já terem dado o aval para o avançado permanecer em Salvador, a situação de seu contrato no Timão segue indefinida. O atleta não sabe se continuará ligado ao atual campeão brasileiro e aguarda a decisão da diretoria para firmar um novo acordo com os baianos.

‘Souza tem contrato de mais um ano com o Corinthians e está negociando se haverá a rescisão de vínculo. Já resolvemos tudo com o Corinthians e estamos negociando somente a parte financeira com o próprio jogador’, completou Paulo Angioni.

Nesta terça-feira, o clube finalmente acertou a permanência dos zagueiros Danny Morais e Diego Jussani e agora terá mais tranquilidade para montar o setor defensivo da equipe. Até o momento, os dirigentes do Tricolor só conseguiram viabilizar a vinda do lateral Boiadeiro e do defensor Rafael Donato e rechaçaram qualquer possibilidade de investir em reforços de peso para o próximo ano.

Continua após a publicidade
Publicidade