Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Azarado, Benzema repete Zico e perde artilharia isolada da Copa

O atacante francês Karim Benzema é um dos destaques desta Copa do Mundo até o momento, mas vem chamando a atenção também por sua falta de sorte. Nesta sexta-feira, o atacante do Real Madrid foi novamente decisivo para a seleção francesa: marcou um gol e deu duas assistências na goleada por 5 a 2 contra a Suíça. No entanto, Benzema perdeu um pênalti e teve um belíssimo gol anulado nos instantes finais, o que o impediu de assumir a artilharia isolada da competição. Antes da finalização do atacante, no ângulo de Diego Benaglio, o árbitro holandês Bjorn Kuipers apitou o final da partida, aos 48 do segundo tempo. A anulação do gol lembrou um episódio envolvendo o craque brasileiro Zico na Copa de 1978. Na partida contra a Suécia na fase de grupos, Nelinho bateu escanteio aos 46 minutos da segunda etapa e o juiz galês Clive Thomas encerrou a partida com a bola no ar. Na sequência do lance, Zico marcou, de cabeça, o gol que daria a vitória por 2 a 1 ao Brasil. Ao contrário do brasileiro na Copa da Argentina, Benzema não percebeu que seu gol havia sido invalidado e correu para celebrar com a torcida na Fonte Nova. Curiosamente, o francês já havia tido um gol “retirado” na estreia contra Honduras. No lance, Benzema chutou, a bola bateu na trave e nas mãos de Valladares, que se atrapalhou no lance e jogou para dentro. O árbitro Sandro Meira Ricci precisou do recurso eletrônico da Fifa para concluir que a bola havia entrado, mas assinalou gol contra do goleiro hondurenho. Com três gols validados, Benzema divide a artilharia da Copa do Mundo com os holandeses Robin Van Persie, Arjen Robben e o alemão Thomas Müller.