Clique e assine com até 92% de desconto

Australiano Brad Drewett é o novo presidente da ATP

Por Da Redação 22 dez 2011, 12h25

O ex-tenista australiano Brad Drewett foi eleito como o novo presidente da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais) nesta quinta-feira. Com 53 anos, o ex-jogador profissional e membro da entidade desde 1999 foi escolhido por unanimidade pelo Conselho e deixará seu cargo de supervisor de operações no Oriente Médio, Ásia e Pacífico.

Como dirigente, Drewett já foi presidente do Conselho de Jogadores nos anos 90 e diretor da ATP Finals. Já em sua carreira como atleta, o australiano atuou entre os anos 70 e 80, vencendo dois torneios simples e sete em duplas, além de ter chegado às quartas de final do Aberto da Austrália, em 1976.

‘Estou honrado de ter a oportunidade de liderar a ATP, uma organização da qual tenho muito orgulho de fazer parte desde o começo da minha carreira profissional’, declarou o novo presidente. ‘O circuito masculino está mais forte do que nunca e é minha intenção continuar a liderá-la no seu caminho de sucesso, trabalhando junto com jogadores e torneios.’

Atual presidente do Conselho de Jogadores e terceiro melhor tenista do mundo, o suíço Roger Federer elogiou a escolha e procurou exaltar os feitos de Drewett ao longo de sua carreira. ‘Brad é um executivo muito experiente e tem sido um ótimo líder na ATP por muitos anos. Ele entende a natureza global do negócio e as complexidades de lidar com as negociações. Estou confiante em sua ética e liderança para contribuir com o sucesso da ATP.’

Com a escolha do ex-jogador como novo presidente da ATP, o mandato de Adam Helfant termina sob diversas críticas dos tenistas. Os atletas esperavam um dirigente que já tivesse jogado tênis profissionalmente e o favoritismo era todo de Richard Krajicek, que acabou abandonando as eleições por não ter conquistado apoio suficiente.

Continua após a publicidade
Publicidade