Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Auditor revela voto e é retirado do julgamento da Portuguesa

Time pode perder quatro pontos e ser rebaixado no lugar do Fluminense

O auditor Washington Rodrigues de Oliveira, que deveria fazer parte do julgamento da perda de pontos da Portuguesa no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), foi retirado da sessão marcada para segunda-feira. Ele adiantou sua opinião sobre o caso em uma publicação no Facebook, dizendo que pediria condenação da equipe paulista, ferindo o Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que diz que um “auditor fica impedido de atuar no processo quando se manifestar, específica e publicamente, sobre objeto de causa a ser processada ou ainda não julgada pelo órgão judicante”. Assim, o julgamento em primeira instância passa a contar com voto de quatro auditores.

Leia também:

STJD quer combater selvageria tirando pontos dos clubes

STJD aguarda notificação que poderá salvar o Fluminense

Cariocas tentam costurar mais uma ‘dobradinha’ no tapetão

Depois da queda, torcedores do Vasco e do Flu protestam

O caso – A Portuguesa é acusada de ter escalado irregularmente o meia Héverton na última rodada do Campeonato Brasileiro, no domingo – empate em 0 a 0 com o Grêmio. O jogador foi punido com suspensão de dois jogos pelo STJD na sexta-feira, mas a diretoria da Portuguesa afirmou que não foi avisada da pena. Se for condenada, a equipe pode perder quatro pontos – três pela irregularidade e um pelo ponto ganho no jogo com o Grêmio. Nesse caso, o time ficaria com 44 pontos, dois a menos que o Fluminense, e seria rebaixado.

(Com Estadão Conteúdo)