Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Atrás de primeira vitória, Santos recebe o Inter pela Libertadores

Após estrear na Copa Libertadores da América sendo derrotado pelo The Strongest (Bolívia), em La Paz, o Santos tem um compromisso muito importante para o seu futuro na competição. O Peixe encara o Internacional, em sua segunda partida no grupo 1 da Libertadores, nesta quarta-feira, a partir das 19h45 (horário de Brasília), na Vila Belmiro, buscando um resultado que lhe dê mais tranquilidade para a sequência da primeira fase do torneio.

O Colorado, que na história jamais venceu o time santista atuando na Vila, é o segundo colocado da chave, com três pontos ganhos e, caso derrote os santistas, pode igualar ou até mesmo ultrapassar nos critérios de desempate o The Strongest, líder da chave, com seis pontos. O Alvinegro Praiano e o Juan Aurich (Peru) ainda não pontuaram no grupo.

Por isso, o volante Ibson, que conquistou o seu espaço entre os titulares, barrando o experiente meia Elano, destacou que os jogadores do Santos estão conscientes do caráter decisivo que possui esse duelo com os gaúchos.

‘Para a gente, esse é o jogo mais aguardado do ano. Sofremos uma derrota na estreia e precisamos nos recuperar, jogando diante da nossa torcida. Sabemos que o Inter tem uma grande equipe, assim como o Santos tem um elenco de qualidade. Essa é uma partida muito importante, e contamos com o apoio do torcedor para conseguir essa vitória, que será muito importante para a sequência da temporada’, analisou Ibson.

O lateral esquerdo Juan, que irá realizar a sua estreia na Copa Libertadores – o ala não pôde jogar na Bolívia por conta de uma suspensão acumulada da época em que defendia o São Paulo -, confia no bom momento vivido pela equipe para bater o Internacional. O Peixe acumula sete vitórias seguidas no Campeonato Paulista, sendo a última sobre o Corinthians, no domingo passado, na Vila Belmiro.

‘A fase que estamos atravessando representa bastante para a gente, dá confiança para esse jogo. A equipe está crescendo, passando por um momento importante, que esperamos dar continuidade na Libertadores. O Inter é um grande adversário, um time de qualidade, mas precisamos da vitória. O Santos já mostrou nos últimos jogos o que tem de fazer e vamos procurar colocar tudo em prática contra o Internacional’, comentou Juan.

Sem dúvidas na formação que irá a campo diante do Colorado, o técnico Muricy Ramalho questionou bastante nos últimos dias a escolha do gaúcho Evandro Rogério Roman, que representa a Federação Paranaense de Futebol, para apitar ao confronto entre os dois últimos campeões da Libertadores.

Do outro lado, o Internacional se prepara para um jogo típico de Libertadores na Vila Belmiro. Ciente das dificuldades que o seu time deve enfrentar na Vila Belmiro, o meia Oscar chegou a declarar no final de semana que um empate com os santistas, fora de casa, deixaria a equipe gaúcha satisfeita.

O volante Guiñazu, que retorna ao time após lesão no joelho esquerdo, garantiu que o Inter está preparado para esse importante desafio. ‘Estamos prontos para esta batalha. Acho que nada resume melhor esta partida do que falar que irão jogar os dois últimos campeões da América’, lembrou o meio-campista argentino.

Já o meia D’Alessandro elogiou o momento alvinegro, especialmente os desempenhos recentes de Ganso e Neymar pelo Paulistão. Porém, diz confiar na qualidade do time do Inter: ‘Acho que esse será um dos grandes jogos da Libertadores. O Santos tem um time de muita qualidade, toque de bola, jogadores diferenciados como Neymar, Ganso e outros de alta técnica. Mas nosso time também tem jogadores como o Oscar, que para mim está em um grande momento, o Dagoberto, o Damião, o Kleber, o Guina (abreviação de Guiñazu)’, afirmou

O técnico Dorival Júnior, que teve passagem marcante pelo Santos, levantando os títulos paulista e da Copa do Brasil em 2010, irá montar uma equipe fechada, no 4-5-1, com três volantes: Guiñazu, Elton e Bolatti. Quem saiu do time foi o atacante Dagoberto, que ficará como opção do treinador colorado no banco de reservas.

FICHA TÉCNICA

SANTOS X INTERNACIONAL

Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos (SP)

Data: 7 de março de 2012, quarta-feira

Horário: 19h45 (horário de Brasília)

Árbitro: Evandro Rogério Roman (PR)

Assistentes: Dibert Pedrosa e Rodrigo Pereira Joia (ambos do RJ)

SANTOS: Rafael; Fucile, Edu Dracena, Durval e Juan; Henrique, Arouca, Ibson e Paulo Henrique Ganso; Neymar e Borges

Técnico: Muricy Ramalho

INTERNACIONAL: Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Índio e Kleber; Guiñazu, Elton, Bolatti, D’Alessandro e Oscar; Leandro Dami

Técnico: Dorival Júnior