Clique e assine a partir de 9,90/mês

Atlético-PR e Cianorte empatam e deixam a liderança para o Coxa

Por Da Redação - 5 fev 2012, 18h10

O Atlético Paranaense foi ao interior do Estado e ao ceder o empate em 2 a 2 depois de estar vencendo o Cianorte por dois gols de diferença,no Estádio Albino Turbay, ficou sem os 100% e aproveitamento e teve a defesa vazada pela primeira vez na competição. Com a igualdade, as duas equipes chegam aos 13 pontos, deixando a liderança isolada do Campeonato Paranaense 2012 para o Coritiba.

Com muito calor no interior do Estado, o Furacão aproveitou o refresco após a parada técnica e, aos 21 minutos, abriu o placar em cabeçada de Manoel, que aproveitou levantamento de Harrison. Aproveitando rebote, aos 44 minutos, Bruno Mineiro também fez o seu. Depois do intervalo, Marquinhos, aos 16 minutos, balançou as redes atleticanas pala primeira vez no Estadual. Paulinho, aos 29 minutos, deixou tudo igual.

Na próxima rodada, o Cianorte vai a Ponta Grossa, onde na quarta-feira encara o Operário, no Estádio Germano Krüger. Já o Atlético Paranaense enfrenta o Toledo Colônia Work, no mesmo dia, no Eco Estádio Janguito Malucelli, em Curitiba.

O jogo – O Leão do Vale mostrou que estava com apetite e logo no primeiro intuo chegou com perigo, com Gustavo se esticando para tirar o perigo e ceder escanteio. Na resposta, em cobrança de falta, na entrada da área, Deivid carimbou a barreira. O jogo era de marcação dura, com poucas oportunidades reais de gol.

A velocidade era a solução para tentar criar algo mais. Aos 14 minutos, Bruno Mineiro começou a jogada, tocou para Renan Foguinho, que deixou para Ricardinho chutar pela linha de fundo. O Furacão despertou aos 17 minutos, Bruno Mineiro, de cabeça, desviou por cima da meta. O forte calor fez co que a arbitragem parasse a partida para um tempo técnico, aos 20 minutos.

Com a bola rolando, o Rubro-Negro conseguiu abrir o placar rapidamente. Aos 21 minutos, Harrison fez o levantamento e Manoel apareceu para testar firme para as redes. O Cianorte reagiu e partiu em busca do empate. Aos 27 minutos, Depois de tabelar com Henrique, Felipe Pinto partiu para o arremate e Gustavo interceptou. Aos 34 minutos, grande defesa de Fabrício e cobrança de falta de Harrison.Mas, aos 44 minutos, o artilheiro Bruno Mineiro pegou rebote disparou para o gol.

Continua após a publicidade

Na segunda etapa, o Atlético retornou com Paulo Otávio no lugar de Harrison. Aos quatro minutos, choque feio entre o goleiro Fabrício e o atacante Ricardinho. Pior para o atleticano, que saiu de campo para ser atendido. Aos oito minutos, Bruno Furlan arriscou de muito longe e isolou a bola. O técnico Carrasco aproveitou para realizar algumas mudanças no Furacão.

Porém, quem chegou ao gol, o primeiro tomado pelo Furacão na competição, foi o Cianorte. Aos 16 minutos, Marquinhos apareceu no meio da área após bate-rebate e empurrou para as redes. Aos 20 minutos, nova parada técnica, para revolta dos jogadores do time da casa. Aos 23 minutos, Héracles arrematou de longe e a bola passou com perigo.

Mostrando ser um time guerreiro e que quer lutar pelo título, o Leão do Vale chegou ao empate. Aos 29 minutos, Paulinho chegou com velocidade e chutou cruzado para fazer um belo gol. O Atlético partiu para cima e chegou com perigo, aos 36 minutos, com Deivid, que entrou na área e foi travado na hora do último passe. Do outro lado, Marquinho parou em Rodolfo e não fez o terceiro. Os times ainda mostravam vontade, mas o esgotamento físico impedia lances mais contundentes.

Outras três partidas – A quinta rodada da Série Ouro teve ainda três partidas nesse domingo. O Corinthians Paranaense recebeu o Paranavaí, no Eco Estádio Janguito Malucelli, venceu, de virada, por 3 a 1. O Vermelhinho saiu na frente, com Rafael Santos, aos 27 minutos de partida. Na segunda etapa, Bruno Batata, aos 30 minutos, deixou tudo igual. Rodrigo, aos 35 minutos e aos 41 minutos deu a vitória para o Timãozinho.

O Roma somou seu segundo ponto na competição ao ficar em um melancólico empate sem gols diante do Toledo Colônia Work, no Estádio Bom Jesus da Lapa, em Apucarana. O Porco chegou aos quatro pontos ganhos e ainda não embalou na competição.

Enquanto isso, em Paranaguá, o Rio Branco virou pra cima do Operário, no Gigante do Itiberê e venceu por 3 a 2. Ícaro abriu o placar para o Fantasma, aos 18 minutos da primeira etapa. Depois do intervalo, Marcelinho fez o segundo. Aos oito minutos foi a vez de Hevandro descontar para o Leão. De pênalti, Hevandro empatou e Rodrigo, aos 34 minutos, decretou a virada.

Continua após a publicidade
Publicidade