Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Atlético Nacional bate Del Valle e conquista o bi da Libertadores

Com gol de Borja, equipe colombiana confirmou o favoritismo na decisão e levanta o troféu continental pela segunda vez na história

Por Da redação Atualizado em 28 jul 2016, 08h44 - Publicado em 28 jul 2016, 00h05

Com mais uma atuação dominante na Libertadores, o Atlético Nacional venceu o equatoriano Independente del Valle por 1 a 0 na final e conquistou em casa o bicampeonato da competição na noite desta quarta-feira, em Medellín. Dono da melhor campanha no torneio, o time colombiano contou com gol do talismã Miguel Borja logo no começo da partida para chegar ao troféu que não vinha desde 1989. O primeiro jogo da decisão, em Quito, havia terminado em 1 a 1.

Carrasco do São Paulo na semifinal, Borja marcou o gol do título ao aproveitar o rebote de uma bola na trave aos 8 minutos do primeiro tempo. Um dos destaques do novo campeão da Libertadores, o atacante de 23 anos foi contratado na pausa da Copa América e brilhou nos jogos decisivos.

Com a vantagem precoce no placar, o Atlético Nacional usou o seu bom toque de bola para esfriar o jogo e garantir o título. A equipe ainda teve chances de ampliar o marcador, mas parou nas finalizações ruins e nas defesas do goleiro Azcona. Mas nada que atrapalhasse a festa dos torcedores que pintaram o lotado Estádio Atanasio Girardot de verde e branco.

Ao Del Valle, que disputou a Libertadores pela terceira vez em sua história, resta o consolo de ter sido o terceiro representante equatoriano a disputar a final. O Barcelona de Guayaquil perdeu para o Vasco em 1998, e a LDU de Quito foi campeã em cima do Fluminense dez anos depois.

Com o título da Copa Libertadores, o Atlético Nacional garante vaga para o Mundial de Clubes de 2016, que será realizado no Japão. O torneio já tem equipes como Real Madrid, da Espanha, América, do México, e Auckland City, da Nova Zelândia, entre as confirmadas.

MIguel Borja, do Atletico Nacional, comemora após marcar gol sobre o Independiente del Valle pela final da Libertadores, na Colômbia
Atacante Miguel Borja comemora ao gol do título da Copa Libertadores Raul Arboleda/AFP

(Com agências EFE e Gazeta Press)

 

Continua após a publicidade
Publicidade