Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Atlético-MG marca no fim e derrota Cruzeiro no Mineirão

Time atleticano parou o líder do Brasileirão vencendo por 3 a 2

Em um clássico eletrizante, no qual uma jovem promessa brilhou, o Atlético-MG venceu o líder Cruzeiro por 3 a 2, neste domingo, no Mineirão, pela 23ª rodada do Brasileirão. O atacante Carlos, com dois gols marcados, sendo um já nos acréscimos do segundo tempo, foi decisivo para a vitória atleticana.

A vitória no Mineirão lotado de cruzeirenses levou o Atlético-MG aos 37 pontos, três atrás do quarto colocado Corinthians. Já o Cruzeiro segue com os mesmos 49 pontos, ainda com sete de vantagem sobre o vice-líder São Paulo – perdeu, porém, o aproveitamento 100% que tinha no estádio no Brasileirão.

Leia também:

Flamengo e Fluminense ficam no empate no Maracanã

Guerrero decide, Corinthians vira e vence São Paulo

Empurrado por sua torcida, o Cruzeiro ameaçou logo no primeiro minuto, em uma falha da defesa atleticana que Lucas Silva, de dentro da área, acertou o travessão com o goleiro Victor batido. Depois do susto, o Atlético-MG passou a cadenciar mais a partida, atraindo o rival para sair nos contra-ataques.

Enquanto impedia os avanços do Cruzeiro, o Atlético-MG tentava sair nos contra-ataques, usando as laterais. E em duas descidas rápidas, uma pela direita e outra pela esquerda, marcou dois gols em menos de dois minutos. O primeiro, aos 38, saiu após cruzamento da esquerda, de Emerson Conceição. Após o rebote, a bola encontrou Carlos, atacante de apenas 19 anos, que abriu o placar.

Na saída de bola, enquanto a torcida atleticana ainda comemorava, Luan avançou pela direita e cruzou. Diego Tardelli, sem marcação, desviou e fez 2 a 0. Para tentar diminuir a diferença ainda na primeira etapa, o Cruzeiro foi para a pressão. E nos acréscimos, já aos 46 minutos, Ricardo Goulart conseguiu marcar.

Na volta para a segunda etapa, animado com o gol nos acréscimos, o Cruzeiro manteve a pressão, deixando o rival acuado. Assim, empatou logo aos seis minutos, quando Everton Ribeiro avançou pela esquerda e cruzou. Marcelo Moreno escorou e Alisson, de voleio, fez 2 a 2.

O Atlético-MG sentiu o baque pelo empate, passando a errar muitos passes e abrindo espaço para as investidas do rival. Assim, o Cruzeiro quase conseguiu a virada aos 17 minutos, quando Marcelo Moreno fez boa jogada pela direita e cruzou. Everton Ribeiro acertou a trave direita de Victor.

Quando o jogo encaminhava-se para o final com o empate no placar, Leandro Donizete avançou pela intermediária e cruzou para a área. E Carlos brilhou novamente. Bem posicionado, o garoto cabeceou com força para fazer 3 a 2 e dar a vitória ao Atlético-MG.

(Com Estadão Conteúdo)