Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Atlético-MG faz 3 a 0 no Cruzeiro na primeira final

Ronaldinho Gaúcho e o atacante Jô participaram dos três gols do Galo

Embalado pelo bom desempenho na Copa Libertadores, o Atlético-MG levou a melhor sobre o Cruzeiro na primeira partida da final do Campeonato Mineiro. A equipe ainda contou com um Ronaldinho Gaúcho inspirado para bater o adversário por 3 a 0 neste domingo no Estádio Independência, em Belo Horizonte, onde não perde há 34 jogos. O resultado dá grande vantagem para que o Atlético fature o Estadual, no próximo domingo, no Mineirão.

A partida foi disputada desde o início, algo que acabou refletido pela quantidade de cartões distribuídos – oito amarelos e um vermelho, no total. O Atlético-MG, contudo, teve maior domínio, tanto que fez o primeiro gol logo aos 14 minutos, com Jô.

Para abrir o placar, o atacante recebeu passe de Ronaldinho Gaúcho, um dos grandes nomes da partida. Foi o camisa 10 que quase fez o primeiro gol, aos 11 minutos, não fosse a marcação do Cruzeiro tê-lo desarmado na área. O Atlético-MG chegou a pedir pênalti por esse lance, um dos vários polêmicos com os quais o juiz Luiz Flávio de Oliveira teve de lidar ao longo do jogo.

O fato é que o gol abalou o Cruzeiro. A equipe passou a atuar mais na defensiva, permitindo que o Atlético-MG chegasse com mais perigo no restante da primeira etapa.

Na volta dos vestiários, o Cruzeiro chegou a esboçar uma reação, mas um segundo amarelo e consequente cartão vermelho recebido por Bruno Rodrigo após falta em Ronaldinho Gaúcho, aos oito minutos, atrapalhou os objetivos da equipe. Com um a menos em campo, o Cruzeiro voltou a usar a tática do primeiro tempo, ficando mais defensiva.

O Atlético-MG, totalmente no ataque, aproveitou-se disso e ampliou o placar aos 27 minutos do segundo tempo. Ronaldinho Gaúcho iniciou a jogada após mandar a bola na área. Jô disputou com Paulão, mas ela sobrou para o artilheiro Diego Tardelli, que chutou forte para fazer 2 a 0 no Estádio Independência.

Apenas seis minutos depois, foi a vez de Marcos marcar o terceiro. Jô recebeu cruzamento na área e, de cabeça, mandou a bola na trave, que sobrou livre para o camisa 2. Com o 3 a 0 no marcador, o Atlético-MG apenas administrou a partida para sair de campo com a vitória.

Atlético-MG e Cruzeiro voltam a se encontrar no próximo domingo, às 16 horas, no Estádio do Mineirão, para a última partida da final do Campeonato Mineiro. Como chegou à decisão com quatro pontos à frente do rival, o Cruzeiro pode levar o Estadual se vencer por três ou mais gols. Empate ou derrota por até dois gols darão o troféu ao Atlético-MG.

(Com Estadão Conteúdo)