Clique e assine com 88% de desconto

Atlético-MG encara Inter para manter liderança e quebrar tabu

Por Da Redação - 17 jul 2012, 20h03

Líder do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG terá que quebrar um tabu nesta quarta-feira, se quiser continuar na primeira colocação isolada da competição nacional. O Galo vai enfrentar às 21h50 (de Brasília) no Estádio Independência o Internacional, adversário que o time mineiro jamais venceu na era dos pontos corridos.

A aposta para triunfar é na força do elenco e da torcida alvinegra, que promete lotar as arquibancadas. O 12jogador do Galo neste Brasileiro já esgotou praticamente todos os ingressos, garantido casa cheia. Coincidentemente, a última vitória atleticana ocorreu justamente no Independência.

O volante Pierre, que tem desempenhado papel importante na marcação, acredita que o segredo para vencer o Inter é manter a mesma postura dos jogos anteriores. O jogador ainda destaca a força que torcida dará ao time dentro de campo. ‘Tenho certeza que o torcedor vai comparecer e nos incentivar, com casa cheia. Temos que continuar com esse espírito para irmos longe na competição’, afirmou.

Outro trunfo do Galo para superar o Colorado é o elenco. O técnico Cuca perdeu para a partida o volante Serginho e o atacante Jô, que receberam o terceiro cartão amarelo. No caso de Serginho, o jogador é considerado reserva, apesar de entrar em quase todos os jogos. Com relação a Jô, o substituto natural seria André, mas uma pendência financeira impede que o atacante entre em campo.Nesse caso, o treinador alvinegro deverá optar por Guilherme, um dos atletas mais caros da história do Atlético-MG e que está curado de lesão na panturrilha. O jogador retornou ao time na partida passada contra o Figueirense e teve papel de protagonista ao anotar o gol da vitória e dar assistências precisas para os companheiros. O zagueiro Réver também volta de lesão, mas não tem a vaga garantida, já que Leonardo Silva vem atuando bem.

Publicidade

Além de estar há quase dez anos sem perder para o Atlético-MG, o Internacional ainda não foi derrotado como visitante no Campeonato Brasileiro. Mas a tarefa colorada de manter os dois tabus não será nada fácil. Além de enfrentar o líder da competição, o time do técnico Dorival Júnior tem uma série de desfalques para a partida.

Rodrigo Moledo, Kleber e Dátolo, lesionados, nem viajam a Minas Gerais. O lateral Nei recebeu o terceiro cartão amarelo no empate diante do Santos e também não joga – Edson Ratinho deve fazer sua estreia. Oscar e Leandro Damião, que estão com a seleção nos Jogos Olímpicos, só irão retornar em agosto. Já o uruguaio Diego Forlán ainda treina para recuperar a forma física antes de estrear pelo Inter. A boa notícia é a volta de D’Alessandro, que cumpriu suspensão contra o Peixe.Contra o Santos, o Colorado lançou mão de garotos como Lucas Lima, Mike e Otavinho, pouco conhecidos dos torcedores, mas de desempenho elogiado. ‘A entrada da garotada deu outra dinâmica ao nosso jogo no segundo tempo. É claro que a pressão de fazer um gol e ganhar em casa atrapalha, mas não foi um resultado ruim. Estamos em quinto lugar, perto da zona da Libertadores’, lembrou o vice de futebol Luciano Davi

Mesmo assim, o fato de ter perdido dois pontos em casa faz o Internacional tratar o confronto com o Galo como uma decisão. ‘É um jogo importantíssimo, que não vale seis, mas 12 pontos. É o time que está mais longe de nós, seis pontos à frente. Se conseguirmos uma vitória lá para recuperar esses pontos perdidos em casa será muito bom’, projetou Davi.FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG X INTERNACIONAL

Publicidade

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)

Data: 18 de julho de 2012 (quarta-feira)

Horário: 21h50 (horário de Brasília)

Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)

Publicidade

Assistentes: Marcelo Van Gassen (Fifa-SP) e João Nobre Chaves (SP)

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva (Réver), Rafael Marques e Júnior César; Pierre, Leandro Donizete, Ronaldinho e Danilinho; Bernard e Guilherme

Técnico: Cuca

INTERNACIONAL: Muriel; Edson Ratinho, Bolívar, Índio e Fabrício; Elton, Guiñazu, D’Alessandro e Lucas Lima; Jajá e Dagober

Publicidade

Técnico: Dorival Júnior

Publicidade