Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Atlético-MG dá ao Brasil inédita 4ª Libertadores seguida

Título atleticano amplia domínio brasileiro na principal competição da América do Sul, vencida pelo Inter em 2010, Santos em 2011 e Corinthians em 2012

O primeiro título de Copa Libertadores da América vencido pelo Atlético-MG garantiu um feito histórico para o futebol brasileiro na competição. Conquistada após emocionante disputa de pênaltis contra o Olimpia no Mineirão lotado, a taça foi a quarta consecutiva de um clube do país, algo inédito até então.

Leia também:

‘São Victor do Horto’, novo padroeiro do torcedor atleticano

Cuca: o técnico pé-frio agora é o campeão da Libertadores

A redenção de Ronaldinho – agora, herói também no Brasil

Astros ou coadjuvantes: heróis do título inédito do Atlético

O predomínio atual do Brasil na Libertadores começou em 2010, com o Internacional. Nos dois anos seguintes, Santos e Corinthians gravaram os seus escudos no troféu continental. Antes da sequência vitoriosa de Inter, Santos, Corinthians e Atlético-MG, o máximo que o futebol brasileiro havia celebrado tinha sido um tricampeonato, com Cruzeiro (1997), Vasco (1998) e Palmeiras (1999).

A Argentina, país com maior número de conquistas continentais, já havia obtido quatro títulos seguidos de Libertadores. Maior campeão do torneio, com sete taças, o Independiente garantiu a glória ao seu país com os triunfos em 1972, 1973, 1974 e 1975.

O título do Atlético-MG serviu para o Brasil diminuir a desvantagem que tem para os argentinos no total de títulos. Agora, o placar está 22 a 17 a favor da nação vizinha. Na última vez em que um time brasileiro não levou a Libertadores, a derrota ocorreu justamente no Mineirão, local da final deste ano. Naquela ocsaião, em 2009, o Cruzeiro caiu diante do Estudiantes, da Argentina.

(Com Gazeta Press)