Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Atlético-GO encara azarão CRAC para confirmar favoritismo

Por Da Redação Atualizado em 19 jul 2016, 13h36 - Publicado em 21 abr 2012, 20h01

Enquanto o Goi��s tenta confirmar o favoritismo diante do Vila Nova em clássico realizado no Serra Dourada, o Atlético-GO ganhou a oportunidade de decidir sua passagem para a decisão do Campeonato Goiano diante do CRAC, grande ‘azarão’ das semifinais. A partida de ida acontece neste domingo, às 16 horas (de Brasília), no estádio Genervino da Fonseca, em Catalã

Eliminado da Copa do Brasil pela Ponte Preta no meio de semana, o Dragão vê aumentada sua responsabilidade no Estadual. O zagueiro Gilson, por exemplo, considera a conquista como uma obrigação da equipe da capital: ‘Temos que respeitar as outras três equipes que estão nas semifinais, mas temos que buscar o nosso melhor, tenho que acreditar na minha equipe. A pressão é a grande e agora temos essa obrigação de ganhar’.

A palavra de ordem do técnico Adilson Batista é esquecer tanto a eliminação quanto as goleadas aplicadas sobre este mesmo CRAC na primeira fase do Campeonato Goiano. Com vitórias por 4 a 1 e 4 a 2 no histórico recente do confronto, o Dragão desponta como favorito, mas quer evitar a rotulação.

‘O jogo vai ser duro em Catalão. Dentro de casa, eles vão jogar com muita vontade e determinação para poder chegar em Goiânia com mais tranqüilidade, sem tanta pressão’, disse Adílson, que ainda elogiou o adversário: ‘Além de uma equipe bem arrumada, eles têm o Evair, que foi um grande atacante, como técnico. Vai ser um prazer reencontrá-lo, mas o jogo a gente tem que vencer’.

Com três derrotas e uma vitória nas últimas rodadas do Campeonato Goiano, o CRAC por pouco não ficou fora da fase decisiva mas, classificado, tenta provar seu valor diante do Atlético-GO. Em caso de vaga na decisão do Estadual, os jogadores serão premiados com a renda da primeira partida.

‘Qualquer apoio é importante, mesmo a gente sabendo que o que realmente interessa é o salário no final do mês, essa é a motivação, fazer com que o CRAC consiga atingir seus objetivos’, declarou o técnico Evair Paulino, ex-atacante de clubes como Guarani, Palmeiras e São Paulo.

Continua após a publicidade
Publicidade