Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Atlético e Sporting mais perto da final da Liga Europa

Atlético de Madrid e Sporting de Lisboa deram um passo importante rumo à classificação para a decisão da Liga Europa, ao vencer em casa as partidas de ida das semifinais contra o Valencia (4-2) e o Athletic Bilbao (2-1), respectivamente.

Em Portugal, os bascos do Athletic saíram na frente, mas tiveram que se conformar com a virada do Sporting, comprometendo a possibilidade de ter uma final 100% espanhola na competição.

O mesmo aconteceu no início da semana na Liga dos Campeões, na qual o Real Madrid e o Barcelona ficaram em desvantagem nos seus confrontos após terem sido derrotados pelo Bayern de Munique e o Chelsea, respectivamente.

A decisão da Liga Europa terá pelo menos um representante espanhol, com toda a probilidade o Atlético de Madri, campeão em 2010, que atropelou no estádio Vicente Calderón o Valencia por 4 a 2, em partida que teve dois gols brasileiros.

O zagueiro Miranda (ex-São Paulo) fez de cabeça o segundo gol do Atlético, após uma cobrança de falta do seu compatriota Diego, e o ex-gremista Jonas empatou para o Valencia nos acréscimos do primeiro tempo, após o colombiano Radamel Falcao Garcia abrir o placar, aos 18.

O colombiano, artilheiro da competição na temporada passada com o Porto, foi o grande destaque da partida, já que também fez o quarto dos ‘Colchoneros’ aos 33 do segundo tempo, após Adrián marcar o terceiro aos 9.

Ao balançar as redes duas vezes, Falcão chegou a 10 gols nesta edição e divide a artilharia com o holandês Klaas-Jan Huntelaar, do já eliminado Schalke 04.

“Vencemos com um placar elástico, levamos uma vantagem clara. Agora podemos encarar o jogo de volta com tranquilidade”, declarou o colombiano depois da partida.

No último lance da partida, o português Ricardo Costa voltou a dar esperanças aos visitantes ao deixar o confronto em 4 a 2 antes da partida de volta, que será disputada no estádio Mestalla.

Com o resultado, o Valencia ainda pode se classificar com uma vitória por 2 a 0 ou 3 a 1 diante da sua torcida.

Em Lisboa, Jon Aurtenetxe abriu o placar para o Athletic aos 9 do segundo tempo e os bascos estavam bem encaminhados para mais uma grande façanha fora de casa, após terem derrotado o Manchester United por 3 a 2 em Old Trafford nas oitavas e o Schalke 04 por 4 a 2 na Alemanha nas quartas.

Porém, os portugueses reagiram no fim da partida, e conseguiram virar o placar em menos de cinco minutos, com gols marcados pelo argentino Emiliano Insúa aos 31 e pelo meia Diego Capel aos 35.

Com o gol feito na casa do adversário, o time de Bilbao ainda pode se classificar na partida de volta, na sua ‘catedral’ de San Mames, com uma vitória simples por 1 a 0.