Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Atlético de Madri e Athletic Bilbao prometem final ofensiva em Bucareste

Bucareste, 8 mai (EFE).- O mundo imaginava ver dois espanhois decidindo uma competição europeia nesta temporada, mas se Atlético de Madri e Athletic Bilbao não são os protagonistas esperados, prometem fazer um duelo de muito poder ofensivo, nesta quarta-feira, às 15h45 (horário de Brasília), no estádio Nacional de Bucareste, na Romênia.

Esta é a segunda final espanhola da história do torneio – também considerando as outras fases, quando era denominada Copa das Feiras e Copa da Uefa. Na temporada 2006-07, quando o Sevilla bateu o Espanyol nos pênaltis após empate por 2 a 2 no tempo normal e prorrogação, na final disputada em Glasgow, na Escócia. Considerando todas as competições europeias, esta é a sétima final espanhola.

O time basco luta pelo primeiro título continental. Em sua história, uma derrota em finais, contra a Juventus em 1977 na Copa da Uefa. Já os madrilenhos disputam a quarta decisão no continente. Há dois anos, em Hamburgo, o time venceu a Liga Europa, batendo o Fulham.

Na temporada, os dois times vivem momentos distintos. O Atlético com muitos altos e baixos, mas grande na Liga Europa, tendo conquistado 11 vitórias consecutivas até chegar a final. Enquanto isso, o Athletic Bilbao tem sido considerado um exemplo de jogo consistente e ganhou notoriedade ao eliminar o poderoso Manchester United em pleno Old Trafford.

Um grande duelo de goleadores é uma das principais atrações da final. Falcao Garcia, artilheiro da atual edição da Liga Europa já balançou as redes 10 vezes para o Atlético de Madri. Do outro lado, Fernando Llorente marcou sete vezes, mas se destaca também pela doação ao time e por servir os companheiros para marcar.

O técnico dos ‘Colchoneros’, Diego Simeone, conta com todo time titular para a partida. Os únicos desfalques são os reservas Tiago, meia que cumprirá suspensão após ter sido expulso nas semifinais contra o Valencia; além de Silvio Azevedo e Fran Mérida, que estão de fora da final por lesão.

O brasileiro Diego, que assim como o clube teve uma temporada irregular mas cresceu de produção na reta final da Liga Europa, é presença confirmada entre os titulares do Atlético, assim como Miranda e o lateral-esquerdo Filipe Luis, nomes frequentes do onze principal madrilenho.

No Athletic a aposta é no chamado ‘meio para a frente’, já que a equipe basca conta com forte setor ofensivo, formado por Susaeta, De Marcos, Herrera, Muniain e Llorente.

A preocupação do técnico Marcelo Bielsa é com Iker Muniain, considerada uma das maiores promessas do futebol espanhol, que se recupera de problemas musculares e ainda é dúvida para a decisão em Bucareste.

Se tiver a confirmação da presença do meia-atacante, ‘El Loco’ terá a equipe principal em campo. Sem Muniain, não há pistas sobre seu substituto, já que o treinador argentino faz mistério às vésperas da partida. Toquero surge como o principal favorito a ficar com a vaga da revelação.

Na atual edição do Campeonato Espanhol, Atlético e Athletic se enfrentaram duas vezes. Na 10ª rodada, em Bilbao, goleada de 3 a 0 dos bascos. Na 29ª rodada, troco da equipe da capital, que venceu por 2 a 1.

Prováveis escalações:.

Atlético de Madri: Courtois; Juanfran, Miranda, Godín e Luis Filipe; Gabi, Mario, Arda Turan, Diego e Adrián; Falcao. Técnico: Diego Simeone.

Athletic Bilbao: Iraizoz; Iraola, Javi Martínez, Amorebieta e Aurtenetxe; Iturraspe, De Marcos, Herrera, Susaeta e Muniain; Llorente. Técnico: Marcelo Bielsa.

Árbitragem: Wolfgang Stark (Alemanha), auxiliado pelos compatriotas Jan-Hendrik Salver e Mike Pickel. EFE