Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Atleticanos lamentam goleada sofrida e ficam fora da Sul-americana

Por Da Redação 4 dez 2011, 18h46

Os jogadores do Atlético-MG deixaram o gramado da Arena do Jacaré de cabeça inchada, pela goleada história de 6 a 1 sofrida para o Cruzeiro, neste domingo, na Arena do Jacaré, na despedida dos dois clubes do Campeonato Brasileiro. O volante Fellipe Soutto, do Galo, destacou que o objetivo da equipe era escapar do rebaixamento, mas lamentou o resultado elástico diante do arquirrival.

‘O principal objetivo do Atlético-MG a gente sabia que era fugir do rebaixamento nesta segunda fase do campeonato, e isso gente conseguiu. Fechar o ano com um placar desses, contra o nosso maior rival é desastroso. Foi feio, uma apresentação pífia do Atlético-MG e tem que servir de aprendizado para que no ano que vem a gente não possa entrar assim, neste tipo de jogo’, declarou.

O armador Daniel Carvalho foi outro jogador a reclamar da postura do time dentro de campo, que não mostrou o mesmo empenho das partidas anteriores, quando o Atlético-MG ainda lutava para escapar da degola. Segundo ele, com essa a derrota, a impressão que fica que a reação no fim da competição não serviu de nada. ‘Tudo que a gente fez, tudo que plantamos ficou para trás. Poderíamos perder de qualquer time, mas não dessa forma’, afirmou.

Com a goleada sofrida diante do Cruzeiro, e com os demais resultados da rodada, o Galo fica fora da Sul-americana de 2012. Dessa forma, para a próxima temporada, o Atlético-MG terá somente três competições pela frente: o Campeonato Mineiro, que começa no dia 29 de janeiro, a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro.

Continua após a publicidade
Publicidade