Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Atletas da Guiné Equatorial dividirão R$ 1,7 mi caso vençam na estreia na CAN

Redação Central, 17 jan (EFE).- Os 23 jogadores da seleção da Guiné Equatorial que disputarão na condição de anfitriões a Copa Africana de Nações a partir do próximo sábado repartirão um prêmio de 500 milhões de francos CFA (aproximadamente R$ 1,7 milhão) se venceram a primeira partida no torneio, contra a Líbia, .

A televisão estatal guinéu-equatoriana informou nesta terça-feira que o ministro de Agricultura e Florestas, Teodoro Nguama Obiang, na qualidade de presidente da Federação de Jovens do governamental Partido Democrático da Guiné Equatorial (PDGE), fez a promessa em reunião mantida em Malabo, capital do país, com os atletas comandados pelo técnico brasileiro Gílson Paulo.

Nguama Obiang, filho do Chefe de Estado da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang, que também prometeu 10 milhões de francos CFA (cerca de R$ 35 mil) por gol marcado caso a seleção vença o jogo, justificou as promessas: ‘assim, os jogadores assumirão uma grande responsabilidade que é a de defender as cores da bandeira nacional’.

O capitão da seleção guinéu-equatoriana, Rodolfo Bodipo, avaliou positivamente a promessa de Nguema Obiang, dizendo ser ‘é um gesto de orgulho nacional’.

A seleção da Guiné Equatorial disputará o jogo de abertura contra a Líbia, do treinador Marcos Paquetá, no próximo sábado, no estádio Nkuantoma, na cidade de Bata. As duas seleções estão no grupo A, que ainda tem Senegal e Zâmbia. EFE