Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Atleta do rúgbi pede desculpas por ‘chifrinho’ em Cameron

Manu Tuilagi, da seleção inglesa, é criticado por gesto no encontro com premiê

Por Da Redação 17 set 2013, 10h42

Os frequentes choques sofridos nas duríssimas partidas de seu esporte, o rúgbi, devem ter afetado o bom senso de Manu Tuilagi, jogador da seleção inglesa. Na segunda-feira, ao ser recebido pelo primeiro-ministro David Cameron em sua residência oficial, em Downing Street, em Londres, o atleta resolveu que a melhor forma de eternizar o momento seria fazer um “chifrinho” no premiê na hora de posar para as câmeras. Na noite de segunda, Tuilagi usou o Twitter para pedir desculpas pela brincadeira fora de hora e sem noção. Cameron recebeu os jogadores para homenageá-los por uma importante vitória sobre a Austrália, em julho.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

“Não tinha a intenção de ofender. Foi um grande dia em Downing Street. Obrigado ao primeiro-ministro por nos receber”, escreveu o atleta do Leicester Tigers numa tentativa tardia de consertar a situação. Jogador mais jovem a defender a seleção inglesa numa Copa do Mundo, Tuilagi, nascido em Samoa e naturalizado britânico, é conhecido pelo comportamento imprevisível – no Mundial da Nova Zelândia, em 2011, foi multado pela federação inglesa depois de saltar de uma balsa, arriscando se machucar em meio à disputa do torneio. “É um completo e absoluto imbecil”, resumiu um ex-craque da seleção inglesa, Brian Moore.

(Com agência France-Presse)

Continua após a publicidade
Publicidade