Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Atleta de equipe indiana morre de parada cardíaca em jogo

Por Da Redação 22 mar 2012, 08h50

No estádio não havia ambulância, contrariando uma exigência para todas as categorias de futebol na Índia, profissionais ou amadoras

Um jogador de futebol indiano morreu na quarta-feira em consequência de uma parada cardíaca sofrida durante um jogo na cidade de Bangalore, no sul da Índia, informaram nesta quinta fontes oficiais do país. Identificado como D. Venkatesh, ele tinha 27 anos e havia acabado de entrar em campo em uma substituição feita pelo técnico de sua equipe, os Bangalore Mars, contra o South Western Railway. “Ele entrou em campo e em menos de cinco minutos passou mal. Recebeu o primeiro atendimento no gramado”, explicou o árbitro, A. Lawrence, citado pelo jornal local The Hindu. Conforme a imprensa indiana, Venkatesh foi levado de triciclo para um hospital próximo, onde foi declarado morto pouco depois de chegar. No sábado, o meia do Bolton Fabrice Muamba, de 23 anos, sofreu uma parada cardíaca num jogo da primeira divisão inglesa em Londres. Muamba segue internado.

A partida na Índia foi jogada até o final, o que motivou protestos do público presente, informado da morte do jogador. No estádio não havia ambulância, contrariando uma exigência para todas as categorias de futebol na Índia, profissionais ou amadoras. “Havia uma obra para troca de tubulação de água nos arredores do estádio e por isso a ambulância não estava no lugar”, disse o secretário da Associação de Futebol da Região Meridional de Karnataka, E. Krishna Narayana. “Lamentamos profundamente o que aconteceu. Isso não voltará a se repetir no futuro”, desculpou-se Narayana, quem revelou que a família do jovem receberá uma indenização – equivalente a 1.950 dólares. Em 2004, o atacante brasileiro Cristiano Sebastião de Lima Júnior, conhecido na Índia como Júnior, também teve mal súbito e morreu numa partida disputada em Bangalore.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade

Publicidade