Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ativistas se despem para combater prostituição na Eurocopa

Ativistas feministas do grupo ucraniano Femen protestaram seminuas nesta sexta-feira em Varsóvia para denunciar o aumento da prostituição nos países organizadores da Eurocopa-2012.

O torneio de futebol começa nesta sexta e será disputado na Polônia e na Ucrânia.

As manifestantes surgiram em meio aos milhares de torcedores nas proximidades do estádio Nacional de Varsóvia, pouco antes da partida inaugural entre Polônia e Grécia, a duas horas da abertura da competição.

Com a frase “Fuck Euro-2012” escrita no colo e gritando a mesma mensagem, as ativistas atiravam uma espuma branca saída de extintores de incêndio sobre a multidão.

Rapidamente conseguiram atrair o interesse de fotógrafos e curiosos, até que a polícia deteve as militantes.

“Os políticos gastam dinheiro para construir estádios, mas não fazem nada para solucionar outros problemas, como a prostituição”, declarou uma das integrantes do protesto aos jornalistas.