Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Assunção quer título para ser ídolo no Palmeiras

Por AE

São Paulo – Dos 14 gols do Palmeiras no Paulistão, nove passaram pelos pés de Marcos Assunção. Seja com o volante batendo faltas direto para o fundo das redes ou dando assistências precisas na bola parada, o jogador mais uma vez é o grande nome da equipe alviverde. No ano passado também foi assim, o que não impediu que parte da torcida se voltasse contra ele.

Por isso Assunção sabe: para ser um ídolo alviverde, não bastam gols e assistências. Falta levantar pelo menos uma taça. “Enquanto eu não ganhar um título pelo Palmeiras, não me considero um ídolo. Sou apenas mais um jogador que está lutando pelo seu time para garantir uma conquista para o seu time”, garante o volante.

Na vitória sobre o Ituano por 3 a 0, neste sábado, no Pacaembu, Marcos Assunção teve participação em dois gols, um marcado por Barcos, outro por Artur. Ele divide com os companheiros os méritos das jogadas, ambas nascidas em cobranças de escanteios.

“O meu objetivo é fazer com que a bola chegue nos meus companheiros na maneira que eles possam raspar e desviar para o gol. Mérito meu e dos jogadores que fazem o movimento certo e conseguem converter. Eu estou feliz que as coisas estejam dando certo para mim e isso é fruto do meu trabalho durante a semana”, comenta Assunção.