Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Assunção evolui e deve encarar Grêmio, mas Luan está fora do torneio

Por Da Redação - 19 jun 2012, 18h28

O técnico Luiz Felipe Scolari recebeu uma boa notícia em relação ao volante Marcos Assunção, mas perdeu o atacante Luan por um período entre seis e oito semanas. Os dois jogadores foram submetidos a exames de ressonância magnética, nesta terça-feira, e apenas o capitão tem boas chances de ser liberado para enfrentar o Grêmio, na noite de quinta, pela semifinal da Copa do Brasil.

‘O Assunção teve uma lesão no músculo da parte de trás interna da coxa e está com um edema em razão da forte pancada que levou na região. Ele tem algumas limitações quando bate na bola, mas melhorou muito de domingo para cá e vai continuar em tratamento intensivo até o dia do jogo. Pelo que estamos sentindo, terá condições de ser relacionado’, afirmou o médico do clube, Rubens Sampaio.

O camisa 20 deixou a partida contra o Vasco, no domingo, até com dificuldades para andar em função da pancada na coxa direita. Porém, desde o início, Assunção demonstrou sua confiança em jogar contra o clube gaúcho.

Enquanto isso, Luan foi confirmado como desfalque para o jogo contra o Grêmio. Mesmo se o Verdão avançar à decisão da Copa do Brasil, o atacante não jogará mais pelo clube neste torneio.

Publicidade

‘Ele teve uma ruptura de um músculo importante, o posterior da coxa, e o tempo de recuperação nesse caso é maior. Inicialmente, ele vai ficar de duas a três semanas descansando esse músculo até retomar as atividades de fortalecimento’, explicou o médico.

Depois do período de repouso, Luan ainda precisará de mais tempo na fisioterapia para ser colocado à disposição da comissão técnica. As finais da Copa do Brasil serão disputadas nos dias 4 e 11 de julho.

Publicidade