Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Assunção espera que Marcos adie aposentadoria e fique no Palmeiras

Por Da Redação 25 dez 2011, 10h25

O goleiro Marcos ainda não decidiu se vai defender o Palmeiras na temporada de 2012 ou se vai encerrar a carreira. A escolha do arqueiro, que deve ser anunciada nos próximos dias, não é conhecida nem pelos companheiros de equipe. O meia Marcos Assunção, por exemplo, está na torcida para que o jogador adie a aposentadoria.

‘Não é uma decisão fácil, ainda mais para quem ama o que faz e que tem forte identificação com o clube. Nas conversas que eu tive com o Marcos no final do Campeonato Brasileiro, ele mesmo disse que iria tomar a decisão somente quando voltasse. Vamos esperar, mas por tudo o que ele representa, é claro que a nossa torcida é para que ele fique pelo menos mais um tempo do nosso lado’, declarou o volante.

Para Marcos Assunção, a experiência de Marcos agrega qualidade ao grupo palmeirense, que vai buscar em 2012 o seu primeiro título desde o retorno do técnico Luiz Felipe Scolari (a última conquista do time foi o Campeonato Paulista de 2008, sob o comando de Vanderlei Luxemburgo).

‘A presença dele é importantíssima junto ao grupo, principalmente os mais jovens. O Marcos é um ídolo, ganhou a Libertadores pelo Palmeiras, foi campeão do mundo com a Seleção Brasileira e é uma pessoa que todos respeitam. Com ele vivendo o dia a dia do vestiário, as coisas só melhoram’, afirmou.

Apesar da torcida pela permanência do camisa 12, Assunção fez questão de deixar claro a qualidade dos outros goleiros do elenco do Verdão.

‘Isso é indiscutível. O Deola fez uma excelente temporada e já provou que tem potencial para jogar em qualquer clube do Brasil. E tem os outros meninos, como o Fabio e o Raphael, que treinaram muito bem durante todo o ano. O Pracidelli [preparador de goleiros] faz um excelente trabalho e estamos muito bem servidos’, completou.

Continua após a publicidade
Publicidade