Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Associação de técnicos critica Chelsea por demissão

Por AE-AP

Londres – A demissão do técnico André Villas-Boas, anunciada no domingo, causou críticas ao Chelsea na Inglaterra. Nesta segunda-feira, o presidente da Associação de Treinadores da Liga Inglesa disse que a saída do português apenas oito meses após assumir o clube londrino causou um “sério embaraço”.

A demissão de Villas-Boas apenas confirmou a falta de paciência de Roman Abramovich, que adquiriu o clube há nove anos, com os técnicos. Ness período, a equipe foi dirigida por sete treinadores. O time passa por péssima fase, com apenas três vitórias nos últimos 12 jogos do Campeonato Inglês. Assim, está em quinto lugar, fora da zona de classificação para a próxima edição da Liga dos Campeões da Europa.

“O que é certo é que o clube, apesar da sua riqueza ilimitada, ainda não trabalhou para construir um clube de futebol de sucesso”, disse Richard Bevan, presidente da Associação de Treinadores da Liga Inglesa, à BBC.”Buscar o oitavo técnico em nove anos é um sério embaraço para o proprietário, o clube, os torcedores e a liga”.

Bevan afirmou que as frequentes mudanças em Stamford Bridge não ajudaram Villas-Boas a desenvolver um relacionamento com seu elenco. “Os jogadores precisam saber que a estratégia do técnico e seu trabalho não estão sob questionamento”, disse. “Você tem sucesso se tiver tempo, e a estabilidade vem disso. Caso contrário, é muito difícil para um técnico como André impor sua filosofia e construir uma equipe”, completou.

“O clube ainda está competindo nas fases finais da Liga dos Campeões, da Copa da Inglaterra e luta por uma posição entre os quatro primeiros. Se você deseja sucesso você deve olhar para o longo prazo”, concluiu Bevan sobre o Chelsea, que será comandado por Roberto di Matteo até o final da temporada.