Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

ASA vence São Caetano fora de casa pela Série B

Por AE

São Caetano do Sul – Ficou apenas na promessa. Depois um Paulistão ruim, o São Caetano esperava dias melhores no Campeonato Brasileiro da Série B, mas não foi bem assim que começou. Na noite deste sábado, o time paulista foi surpreendido pelo ASA e perdeu por 1 a 0, no Estádio Anacleto Campanella, pela primeira rodada. Lúcio Maranhão foi o autor do único gol da partida.

Sem mostrar um bom futebol e pouco assustando o goleiro Gilson, o São Caetano segue sem pontuar na Série B e é o 15.º colocado. Enquanto isso, o time de Arapiraca poderia ter vencido por uma vantagem ainda maior se não fosse Luiz, mas conquistou os primeiros três pontos e é o sexto colocado.

O ASA começou a partida parecendo que estava jogando em casa e abriu o placar aos 17 minutos, quando Valdívia fez grande jogada individual e passou para Lúcio Maranhão, que tocou na saída de Luiz. Aos poucos, o São Caetano passou a se soltar em campo, criando algumas boas chances, principalmente com o atacante Somália. Em uma delas, o jogador bateu para grande defesa de Gilson e no rebote o chute explodiu na trave.

Atrás no marcador e jogando em casa, o São Caetano partiu para cima do ASA, mas não conseguia furar o bloqueio adversário e passou a dar espaços para os contra-ataques. Duas vezes com Roberto Jacaré, o time alagoano teve chance de ampliar o marcador, mas parou em grandes defesas de Luiz. Já os donos da casa abusaram dos cruzamentos, sem muito sucesso.

O São Caetano volta a entrar em campo na próxima terça-feira, contra o Avaí, às 21 horas, no Estádio da Ressacada, pela segunda rodada. Na sexta-feira, o ASA recebe o Grêmio Barueri, no mesmo horário, no Estádio Coaracy da Mata Fonseca.

FICHA TÉCNICA:

SÃO CAETANO 0 x 1 ASA

SÃO CAETANO – Luiz; Samuel Santos, Eli Sabiá, Gabriel e Diego (Éder); Augusto Recife, Moradei, Marcelo Costa (Aílton) e Pedro Carmona; Geovane (Nei Paraíba) e Somália. Técnico – Márcio Araújo.

ASA – Gilson; Gabriel, Gaúcho, Fabiano e Chiquinho Baiano; Cal (Edson Veneno), Jorginho, Audálio e Didira (Alexsandro); Lucio Maranhão e Valdívia (Roberto Jacaré). Técnico – Heriberto da Cunha.

GOL – Lúcio Maranhão aos 17 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO – Dewson Fernando Freitas da Silva (PA).

CARTÕES AMARELOS – Pedro Carmona, Moradei, Jorginho e Didira (ASA).

PÚBLICO – 499 pagantes.

RENDA – R$ 3.665,00.

LOCAL – Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP).