Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Artilheiro da final da Libertadores, Emerson pede: ‘Não me tenham como heroi’

Por Da Redação
5 jul 2012, 01h31

São Paulo, 4 jul (EFE).- Autor dos dois do Corinthians na finalissíma da Libertadores, contra o Boca Juniors, nesta quarta-feira, o atacante Emerson garantiu que não quer ser colocado acima de nenhum companheiro.

Abrir a entrevista coletiva após a partida, acompanhado dos filhos, o ‘Sheik’ foi direto com os jornalistas. ‘Vou pedir uma coisa para vocês: não me tenham como heroi’, afirmou.

Com cinco gols na competição, fazendo além dos dois da decisão, outro importante na vitória contra o Santos, na Vila Belmiro, Emerson procurou dividir os feitos individuais.

‘Eu tive passe do Paulinho para fazer o gol contra o Santos, agora teve o desvio do Danilo no primeiro gol, teve a pressão no zagueiro que errou a jogada. Aqui a gente não conquista nada sozinho. O grupo conquistou’, explicou o decisivo artilheiro.

Continua após a publicidade

Sobre o trabalho no clube paulista, aonde chegou a ser reserva, na temporada passada, o atacante falou do que é vestir a camisa do atual campeão da Libertadores. ‘No Corinthians não se joga com o nome, tem que ralar o bumbum para poder jogar’.

Ao concluir a entrevista, Emerson falou que antes da bola rolar a confiança estava em alta, apesar do respeito ao adversário. ‘Sabíamos que poderíamos ser campeões’, garantiu. EFE

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.