Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Arsenal só empata com Olympique, mas mantém liderança isolada

A goleada sobre o Chelsea parece ter gastado a inspiração do Arsenal. O time prometia mais uma show, mas ficou apenas no 0 a 0 com o Olympique Marseille, em jogo válido pela quarta rodada do Grupo F. Os franceses ainda estiveram melhor durante boa parte do duelo, mas falharam na pontaria. Os Gunners também tiveram jogadas de perigo, só que esbarraram no goleiro Mandanda.

O resultado não foi de todo ruim para os ingleses. Com o empate, o time se manteve na ponta isolada do grupo, com oito pontos. O Olympique também permaneceu na segunda colocação, um ponto atrás.

Na próxima rodada, o Arsenal enfrenta o Borussia Dortmund mais uma vez em Londres, enquanto o Marseille duela com o lanterna Olympiacos, na França. As partidas estão marcadas para o dia 23 de novembro.

O jogo – A torcida do Arsenal levou um susto enquanto ainda se acomodava nas cadeiras do Emirates Stadium. Logo aos dois minutos de partida, A.Ayew cruzou pela esquerda e seu irmão J.Ayew desviou de letra, mandado rente à trave de Szcesny. Eles voltaram a dar trabalho pouco depois, quando A. Ayew se antecipou à marcação chutou mais uma vez com muito perigo.

Após organizar sua marcação, o Arsenal finalmente partiu ao ataque. Por volta dos dez minutos, Wallcott recebeu pela direita e chutou cruzado, obrigando Mandanda se esticar todo para fazer a defesa. Mais tarde, foi a vez de Ramsey assustar após cruzamento de André Santos pela esquerda.

Vendo os Gunners crescerem no duelo, o Olympique tentou responder com Remy, que tabelou com Cheyrou e chutou tirando tinta da trave direita de Szcesny. Depois, foi a vez do goleiro francês passar sufoco com arremate de Gervinho.

A melhor chance do jogo, porém, foi desperdiçada por Ramsey. O jovem de 20 anos ficou na cara do gol, livre de marcação, mas demorou para agir e, quando chutou, encontrou um zagueiro para desviar para escanteio.

O ritmo caiu na segunda etapa e as chances de gol diminuíram. A primeira delas foi aos 15 minutos, quando Valbuena chapelou André Santos e mandou por cima do gol do Arsenal. Sem querer o risco de ser bombardeado de novo, o técnico Arsene Wenger promoveu três alterações na equipe: Van Persie, Rosicky e Arshavin nos lugares de Park, Ramsey e Gervinho, respectivamente.

As substituições chegaram a ter algum efeito inicial com Rosicky fazendo lançamentos precisos a Van Persie, mas a falta de pontaria do Arsenal e as boas defesas do goleiro Mandanda garantiram o 0 a 0 no Emirates Stadium.