Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Arrasadora, França passa fácil pela Suíça em Salvador

Com goleada por 5 a 2, equipe está praticamente classificada às oitavas

A seleção francesa voltou a mostrar força de ataque e bateu a Suíça, com extrema facilidade, por 5 a 2, na Arena Fonte Nova, em Salvador, nesta sexta-feira. O triunfo foi construído ainda na primeira etapa, com gols de Olivier Giroud, Blaise Matuidi e Mathieu Valbuena. Karim Benzema perdeu um pênalti, mas marcou na etapa complementar. Moussa Sissoko marcou o quinto. Já perto do fim, Blerim Dzemaili e Granit Xhaka diminuíram para os suíços. Com a segunda vitória na competição e com seis gols de saldo, a França está praticamente classificada no Grupo E, que conta ainda com Equador e Honduras. Na próxima rodada, a equipe francesa precisa de apenas um empate contra os equatorianos para se garantir na primeira colocação.

Leia também:

Costa Rica vence a Itália por 1 a 0 e elimina a Inglaterra

Costa Rica surpreende imprensa italiana: ‘Desastre’

França vence Honduras com ajuda de recurso eletrônico

Nas últimas competições, a Suíça se destacou por sua consistência defensiva, mas teve rendimento desastroso nesta tarde. Mesmo sem contar com o astro Frank Ribéry, cortado por lesão nas costas, os franceses dominaram a partida desde o início e abriram o placar logo aos 16 minutos. O atacante Giroud se aproveitou de sua altura – 1,92 m – e marcou, de cabeça, após cobrança de escanteio. A Suíça acusou o golpe e cedeu o segundo logo no lance seguinte: o volante Behrami tentou recuar e entregou nos pés de Karim Benzema. O atacante do Real Madrid serviu Matuidi, que bateu no canto do goleiro Diego Benaglio.

A equipe dirigida por Didier Deschamps não baixou o ritmo e teve a chance do terceiro aos 30 minutos, quando Benzema sofreu pênalti de Johan Djourou. O próprio Benzema cobrou, mas Benaglio defendeu. Na sobra, Yohan Cabaye chutou no travessão e perdeu chance incrível. Aos 39 minutos, porém, a França selou a vitória. Giroud puxou contra-ataque pela ala esquerda e passou para Valbuena, que só empurrou para as redes.

Na segunda etapa, a Suíça tentou reagir, mas cedeu espaços na defesa e a França se aproveitou. Aos 21 minutos, o jovem Paul Pogba deu ótima assistência para Benzema, que girou e marcou seu terceiro gol na competição (alcançou Van Persie, Arjen Robben eThomas Müller na artilharia). Aos 27, Benzema ainda serviu Sissoko, que chegou batendo e marcou o quinto. A Suíça precisava diminuir a desvantagem e marcou o primeiro, aos 36, em cobrança de falta de Dzemaili, que passou no meio da barreira. Aos 42, Inler lançou Xhaka, que bateu de primeira e marcou o segundo. No lance final, Benzema marcou mais um, mas o árbitro já havia encerrado a partida. Esta foi a terceira goleada na Fonte Nova (antes, o estádio recebeu Holanda 5 x 1 Espanha e Alemanha 4 x 0 Portugal).

Apesar da campanha irretocável, a França ainda não está matematicamente classificada, mas precisa de apenas um empate contra o Equador na última partida para passar em primeiro. Equador e Honduras fecham a segunda rodada, nesta noite, em Curitiba. Um empate nesta partida classifica a França às oitavas de final com uma rodada de antecedência.