Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Argentina vence Estados Unidos nos pênaltis e fica com o bronze

A terceira colocação da Copa América de futebol de areia, disputada em Rio Quente, interior de Goiás, ficou com a Argentina. Neste domingo, a equipe venceu nos pênaltis os Estados Unidos, conquistou sua única vitória na competição e garantiu um lugar no pódio. O tempo regulamentar e a prorrogação terminaram empatados por 5 a 5 e na disputa de penalidades a Argentina venceu por 1 a 0.

Foi a segunda disputa de pênaltis em que os Estados Unidos foram derrotados nesta Copa América. No sábado, a equipe empatou com o México no tempo normal e esteve perto de vencer nas penalidades, mas acabou superado pelos rivais.

Com um primeiro tempo fraco neste domingo, a rede só foi balançada na segunda etapa de partida, em chute de Reyes que desviou em Rodríguez e enganou o goleiro argentino. Os norte-americanos ampliaram a vantagem com um golaço de Lawler, que acertou tiro cruzado no ângulo. Já na saída de bola, no entanto, a Argentina diminuiu com De Ezeyza.

O terceiro gol dos Estados Unidos saiu também no segundo tempo de jogo, com um chute de Gil da lateral direita da área. Com mais um gol de Rodríguez, em jogada pela lateral, e do brasileiro naturalizado Jason Leopoldo, a equipe norte-americana chegou à terceira etapa com vantagem confortável no marcador.

A Argentina foi para cima e conseguiu seu segundo tento no jogo pelos pés de Levi, aproveitando o rebote do goleiro Toth. O camisa 5 voltou a marcar, com um belo chute de direita no ângulo. A vantagem ficou ainda menor em uma jogada inusitada. O goleiro Salgueiro aproveitou o espaço e conduziu a bola até a frente da área adversária, onde tocou para Federico Hilarie mandar para o gol.

A Argentina conesguiu empatar a 2min22s para o fim do jogo, com cabeçada de Franceschini, após cobrança de lateral, e a partida foi para a prorrogação. No tempo extra, o placar ficou inalterado e a decisão do terceiro colocado da Copa América de futebol de areia saiu na disputa de pênaltis.

A definição foi rápida. Medero converteu a primeira cobrança para os argentinos e Reyes mandou o tiro na trave, sepultando as esperanças dos norte-americanos.